segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Dreams - Part. 23

Postado por @slaysdrauhl às 16:40
Reações: 
O Den respirou fundo e ficou calado, eu estava me sentindo tão mal por estar dizendo aquelas coisas pra ele mais era o único modo que eu tinha para fazê-lo parar com isso.
Den: Felicidades então – falou ele sério e logo foi em direção a sua casa.


Bufei e entrei pra dentro de casa, me deitei no sofá e coloquei meus fones no ouvido. Fiquei ouvindo música e pensando. Senti meu celular vibrar na minha barriga e parei a música para atender.

(LigaçãoON)
Eu: Alô – falei assim que atendi.
XX: (SeuNome) aqui é a Serine – falou ela.
Eu: Ah, Oi Serine – falei sorrindo.
Serine: Desculpa incomodar – falou ela sorrindo também – É que a treinadora das líderes quer o antigo grupo novamente.
Eu: O que? – perguntei assustada.
Serine: Ela não gostou das novas meninas e nos chamou novamente – falou ela e parecia apreensiva.
Eu: Fala sério – rebati e respirei fundo.
Serine: E aí topa? – perguntou ela.
Eu: Sem dúvidas – falei e sorri – Quero só ver a cara da Selena quando voltarmos.
Serine: Eu também – falou ela sorrindo – O jogo começa as 20:00 então vai pra lá 18:30 que vamos ensaiar antes.
Eu: Ok – rebati sorrindo.
Serine: Até lá amiga – falou ela – Beijos.
Eu: Até – rebati – Beijos pra você também.
(LigaçãoOFF)

            Já era 15:45 e como estava cedo ainda voltei a escutar música, acabei dormindo e acordei com a minha mãe me chamando.
Mãe: (SeuNome) – chamou ela e eu abri meus olhos – Vai pra cama filha.
Eu: Que hora é essa? – perguntei ainda meia sonolenta.
Mãe: 17:30 – falou ela e eu pulei do sofá.
Eu: Voltei para grupo de líderes e vou estrear hoje – falei e minha mãe abriu um sorriso enorme.
Mãe: Que horas começa o jogo? – perguntou ela e parecia mais empolgada que eu.
Eu: O jogo começa às 20:00, mais eu tenho que estar lá às 18:30 pra ensaiar – conclui subindo as escadas.
            Minha mãe subiu comigo pro meu quarto, eu peguei uma roupa para ir e guardei meu uniforme na bolsa.
Mãe: O que aconteceu entre você e o Justin? – perguntou ela me olhando.
Eu: Nada – respondi enquanto pegava minha toalha.
Mãe: Quando eu sai daqui ele estava muito mal – falou ela ainda me olhando.
Eu: Mãe foi só uma pequena briga – respondi olhando pra ela.
Mãe: Ele gosta de você filha – falou ela tomando a minha atenção.
Eu: Como sabe disso? – perguntei.
Mãe: O modo como ele te olha, como ele fala de você e o mais importante à lágrima que ele derramou por você hoje – falou elame olhando séria.
Eu: Ele chorou mãe? – perguntei preocupada.
            Minha mãe assentiu com a cabeça e eu senti um aperto no coração, me lembrei das promessas que ele me fez fazer e das promessas que ele me fez. A única coisa que eu menos quero é ter um coração partido, e ter que quebrar as promessas que eu fiz pra ele.
            Não falei mais nada e fui tomar meu banho. Assim que sai do banho sequei meu cabelo e me vesti, terminei de me arrumar e já eram 18:15. Peguei a minha bolsa e desci fiquei lá em baixo esperando minha mãe, ela estava demorando muito.
Eu: Mãe – gritei.
Mãe: Já estou indo – falou ela descendo as escadas.
            Entramos no carro e já era 18:20.
Mãe: Então o que esta rolando entre você e o Justin? – perguntou ela me deixando sem jeito.
Eu: Estamos namorando – sussurrei e mostrei a aliança no meu dedo.
Mãe: Namorando?! – rebateu ela sorrindo – Quando ele vai falar comigo?
Eu: Não sei – respondi arrumando meu cabelo.
Mãe: Que tal marcarmos um jantar com a família dele lá em casa? – perguntou ela sorrindo.
Eu: Vamos com calma mãe – falei sorrindo da ansiedade dela - E ele nem mora com a família.
Mãe: Sério?! - falou ela arregalando os olhos.
Eu: Ele mora com uns amigos - respondi me olhando pelo retrovisor - Mais ele tem pais.
Mãe: Então eu quero conhecê-los - falou ela insistindo.
Eu: Como quiser - conclui.
            Ela sorriu e depois ficamos falando sobre o tal jantar com a família do Justin, chegamos na frente do ginásio e eu desci.
Eu: Tchau mãe – falei e bati a porta do carro.
Mãe: Tchau filha – falou ela ligando o carro novamente – Até mais tarde.
Eu: Até – rebati sorrindo.
            Ela iniciou a partida e eu fui até o ginásio assim que entrei me deparei com as meninas e a treinadora conversando.
Treinadora: Olha só a nossa líder – falou ela sorrindo e todas vieram em minha direção, menos a Selena.
            Eu sorri sem entender nada.
Serine: Vamos colocar o uniforme meninas – falou ela.
Treinadora: O seu mudou (SeuNome) – falou ela me dando um uniforme diferente – Agora você é a líder do grupo.

(Seu uniforme era mais ou menos assim com o nome do time na blusa e uma meia soquete com um tênis esportivo branco)

            Fiquei boquiaberta e a Selena me fuzilava de um modo assustador.
Eu: Mas eu nem sei ser uma líder – falei e todas sorriram.
Treinadora: Calma – falou ela – É a mesma coisa, a única diferença é que você puxa o grupo.
            Respirei fundo e depois nós fomos para o vestiário, trocamos de roupa e depois ensaiamos um pouco. O ginásio começou a ficar cheio e nós fomos até o vestiário dos meninos do basquete já que vamos entrar com eles.
Sam: Você entra com o Justin e eu e as meninas acompanhamos um dos jogadores – falou ela sorrindo pro Chaz.
Eu: Ok – falei um pouco mais aliviada.
            O tal namorado da Selena agora estava no basquete e eles estavam se pegando sem nenhum pudor, o Justin encostou perto de mim e me selou.
Justin: Você está linda – falou ele sorrindo e me olhando de cima pra baixo enquanto mordia o lábio inferior.
Eu: Você também – falei sorrindo envergonhada.
Justin: Que bom que você é a líder agora – falou ele e me beijou novamente.
            Me afastei dele, aliás, eu estava com vergonha de ficar fazendo aquilo na frente dos outros. Os narradores começaram a falar algumas coisas lá e os meninos foram pra longe da gente pra armar as estatísticas do time.
Bree: Vocês estão namorando? – perguntou ela encostando do meu lado.
Eu: Sim – conclui.
Sam: aaaah que fofinhos – falou ela sorrindo.
Serine: Eu já sabia – falou ela sorrindo.
Britney: Isso mesmo amiga – falou e todos nós sorrimos.
            O primeiro time já havia entrado e daqui a poucos minutos nos chamariam, o Justin encostou do meu lado.
Justin: Posso te beijar pra dar sorte? – perguntou ele de um modo encantador.
            Olhei para lado e vi as meninas cada uma com seu namorado e depois voltei meus olhos ao Justin beijando-o. Ergui um pouco os pés, aliás, ele é um pouco mais alto que eu, encerrei o beijo com selinhos e depois sorrimos um pro outro, os narradores nos chamaram e entramos um do lado do outro de mãos dadas.
Narrador: Na quadra agora a Universidade de Los Angeles – falou um deles – Um dos melhores times com o famoso Justin Bieber como capitão.
            O Justin sorria pra mim enquanto eu acenava para as pessoas da platéia e sorria pra ele também, eu e as meninas nos apresentamos pra platéia enquanto o treinador falava com os meninos. Eles logo entraram e nós fomos para o lado da quadra torcer por eles, assim que o Justin fez a sua primeira sexta piscou pra mim e eu sorri envergonhada, aliás, todos olharam pra mim. 

Continua... (Ah desculpa pela demora amoores é que eu estava meia preguiçosa esses dias e sem tempo também, posto sempre que poder e obrigado pelos comentários que vocês estão mandando (: Sejam bem vindas as novas leitoras e continuem postando babys! Amo vocês, Bjustin)

6 comentários:

Brazilian Belieber on segunda-feira, setembro 26, 2011 disse...

First?...
Aww tô super adorando :)

FanFictions- Brenda on segunda-feira, setembro 26, 2011 disse...

CARAAAAAAAAA QUE PERFEITOOOOOOA....CONTINUAAAA BIA NOSSA MT MT LINDO!BEIJOS ;*

Duda on segunda-feira, setembro 26, 2011 disse...

Flor ta mt perfeitoooooooooooo
continuaaaaaaa

@Miley_JBieber on segunda-feira, setembro 26, 2011 disse...

Eu nem preciso falar mais nada, porque cada dia vc supera mais.
Parabens
Amo seu #IB e voce sabe disso ♥

Andréia on terça-feira, setembro 27, 2011 disse...

Tá muito perfeito, continua linda!!!

imagine belieber on quinta-feira, março 01, 2012 disse...

que coisa fofinha amei

Postar um comentário

Ei, que tal deixar um comentário na história? Não dói e faz bem ao coração do autor :)

 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos