sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Dreams - Part. 22

Postado por @slaysdrauhl às 16:17
Reações: 
Respirei aliviada assim que disse isso, ele abriu um sorriso imenso e logo depois pegou minha mão colocando a aliança em meu dedo. Ele me puxou mais pra perto e me beijou, o beijo foi o mais calmo e apaixonado possível era como se eu não estivesse mais em meu normal. Ele chegava a ser um sonho pra mim, não acreditava que ele me pertencia agora. Ficamos nos beijando e assim que paramos eu o convidei para entrar na minha casa novamente, entramos e ficamos assistindo filme enquanto comíamos pipoca e tomávamos refrigerante, nos beijamos a maior parte do tempo e eu fiquei fazendo cafuné na cabeça do dele.

            Estávamos assistindo um filme de comédia e eu ria ainda mais quando o Justin imitava as cenas do filme, ele ficava me olhando enquanto eu sorria.
Eu: Porque me olha tanto hein? – perguntei tímida.
            Ele não respondeu minha pergunta, apenas se aproximou e me selou.
Justin: Promete que nunca vai me deixar? – perguntou ele olhando fundo em meus olhos – Promete ser minha pra sempre?
            Ele parecia inseguro com sigo mesmo, sua expressão havia mudado ele parecia sentir medo.
Eu: Só se você prometer que nunca vai ferir meus sentimentos – rebati fazendo ele sorrir pelo nariz – E prometer que não vai mais ter ciúmes de mim com meus amigos.
Justin: Eu prometo que vou fazer o possível e o impossível para nunca ferir seus sentimentos – falou ele me fazendo sorrir boba – E promete conter o meu ciúme de você.
            Ele fez um biquinho abaixando a cabeça e eu coloquei minha mão em seu queixo erguendo sua cabeça e o beijando.
Justin: Agora é sua vez – falou ele assim que eu encerrei o beijo.
 Eu: Eu prometo que nunca vou te deixar – falei olhando no fundo dos olhos dele – E prometo que serei sua pra sempre, mas a minha promessa depende da sua hein.
            Ele sorriu e depois me beijou, assim que paramos de nos beijar o celular do Justin tocou.
Justin: Alô – falou ele assim que atendeu – Ah é bro to indo já.
            Ele desligou e olhou pra mim com cara de cachorro abandonado.
Justin: Vai ver o jogo hoje? – perguntou ele.
Eu: Ah nem sei – respondi e ele assentiu com a cabeça.
Justin: Tenho que ir agora – falou ele e logo me beijou – O Ryan disse que vamos treinar daqui a pouco.
Eu: Ah tudo bem – falei sorrindo de lado.
            Levei-o até a porta e antes de sair ele virou de frente pra mim e me beijou.
Justin: Eu te amo – sussurrou ele em meu ouvido e beijou meu pescoço.
            Meus pelos da região da nuca arrepiaram-se por inteiro ao sentir seus lábios.
Eu: Eu amo mais – falei e ele sorriu logo em seguida me beijando.
            Ele foi em direção ao carro e antes de iniciar a partida acenou pra mim, fiquei ali olhando até que o carro dele virou a esquina. Suspirei ao lembrar que somos namorados agora e sorri sozinha, nem notei o Den vindo em minha direção.
Den: E agora vocês são namorados? – perguntou ele sério me tirando dos meus devaneios.
Eu: Agora sim – falei olhando a aliança de compromisso que havia em meu dedo anelar da mão direita.
Den: Ah – falou ele com um sorriso forçado.
Eu: Oh Den não entendo essa sua reação – falei expressando duvidas – Você que sempre me dizia pra arrumar um namorado e agora fica estranho comigo só porque eu estou namorando.
Den: Antes era diferente – falou ele virando o rosto.
Eu: Diferente como? – perguntei com mais duvidas ainda.
Den: Eu tinha namorada e achava que você deveria arrumar um pra parar de gostar de mim – falou ele olhando para o chão.
Eu: Ah então você sabia que eu gostava de você? – perguntei e assenti com a cabeça de um modo negativo.
Den: Sabia, mais éramos melhores amigos e eu não queria estragar tudo – falou ele olhando pra mim
            Bufei e desviei meu olhar.
Eu: Cansei de correr atrás Den – falei – Agora eu amo alguém que me ama também.
Den: Como sabe que ele te ama? – perguntou ele olhando nos meus olhos.
Eu: Como sabia que eu gostava de você? – rebati outra pergunta e ele respirou fundo – Essas coisas nós sentimos Den o jeito como a pessoa nos olha, quando nos toca, quando nos beija tudo isso diz mais que palavras. São pequenos atos que transformam a nossa vida.
Den: Pequenos atos que eu já fiz milhares de vezes por você –falou ele alterado.
Eu: Olha só o que você esta falando – falei me afastando.
Den: Só estou dizendo a verdade – falou ele se aproximando.
Eu: É um pouco tarde demais não acha?! – falei e me afastei novamente – Eu amo o Justin agora.
            O Den respirou fundo e ficou calado, eu estava me sentindo tão mal por estar dizendo aquelas coisas pra ele mais era o único modo que eu tinha para fazê-lo parar com isso.
Den: Felicidades então – falou ele sério e logo foi em direção a sua casa.

Continua... dependendo do número de cometários! (Desculpa a demoro é que eu tava meia sem tempo esses dias, vou postar sempre que der comentem muito amores, taah dando pra comentar denovo #UHU. Bjustin)

6 comentários:

FanFictions- Brenda on sexta-feira, setembro 23, 2011 disse...

Nossa que tenso vei..continuaaaaaaaaaaaaaaa! Beijos bb s2

Imagine JV on sexta-feira, setembro 23, 2011 disse...

Continua amooooor aaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que curiosidade nossa O.o imagine como o Bieber ñ vai ficar quando souber dessa agora O: continua amor por favor >< beijoooooooooooooooooos

Luiane Kristine on sábado, setembro 24, 2011 disse...

CCCCOOOONTTTINUAAAAAAAAAAAAAAAA !
BIEBER, QUE ISSO ? KD VC QUANDO SERVE?

Duda on sábado, setembro 24, 2011 disse...

aaaaaaaaah continua
estou anciosaaa

Andréia on sábado, setembro 24, 2011 disse...

Muito lindo, continua

Brazilian Belieber on domingo, setembro 25, 2011 disse...

* Leitora nova... *
Tô adorando a #IB! Beijos.

Postar um comentário

Ei, que tal deixar um comentário na história? Não dói e faz bem ao coração do autor :)

 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos