segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dreams - Part. 35

Postado por @slaysdrauhl às 17:49
Reações: 
11 comentários
No sonho estávamos na festa novamente e tinha um cara com ela no canto da festa beijando- a, eu cheguei perto deles e tentei separá-los mais não dava. Acordei suando e assustado com aquele sonho e ela estava dormindo em meu peito, fui me acalmando aos poucos. Confesso tenho medo de perder a (SeuNome), esse tempo que ficamos longe um do outro me fez perceber que ela é mais importante pra mim do que eu imaginei que fosse. Fiquei pensando e demorei pra voltar a dormir novamente, mais depois de um tempo não vi mais nada.
(JustinOFF)

            Acordei com o canto dos passarinhos e abri meus olhos com dificuldade, eles estavam pesados e minha cabeça parecia que iria explodir. Logo lembrei da noite de ontem, consegui me lembrar de poucas coisas mais o suficiente pra morrer de vergonha do Justin quando ele acordar. Eu espero não ter falado nenhuma besteira pra ele ontem, eu realmente estava hiper bêbada e louca. Levantei-me e fui tomar mais um banho gelado, assim que terminei e saí do chuveiro me troquei e desci.
            Deixei o Justin dormindo e fui preparar um café bem forte pra tirar a minha ressaca, havia outra mensagem na secretaria eletrônica.

(MensagemON)
“Grande festa ontem (SeuNome), você bêbada dançando com aqueles caras arrasou. Acho que perdeu pontos com o Justin. ”
(MensagemOFF)

       Fiquei pensando mais um pouco e logo reconheci a voz, era a Selena. Como aquela vaca tinha o meu número?! Não sei mais sei que quando eu ver ela vou encher a cara dela de porrada. Terminei de passar o café e depois tomei uma xícara cheia enquanto assistia TV, cochilei um pouco e quando acordei escutei um barulho na cozinha. Levantei e fui lá ver o que era.
Eu: Jay – chamei assim que entrei na cozinha.
Justin: Oi amor – falou ele virando pra me ver.
       Eu sorri e ele veio me dar um beijo, ele mais uma vez estava fazendo o café da manhã.
Eu: Sabe Jay se ficar fazendo isso eu vou ficar mal acostumada – falei com os lábios ainda próximos ao dele – Você cozinha pra mim, faz todas as minhas vontades e até banho você me deu.
       Ele sorriu de um modo meigo e eu o selei.
Justin: Só quero te fazer feliz – falou ele e eu sorri boba.
Eu: Me faz feliz só por existir na minha vida – falei e ele sorriu bobo.
       Ele fez ovos mexidos com bacon, e estava com um cheirinho incrível, sentamos pra comer e eu mais uma vez elogiei o que ele fez. Depois fomos assistir TV e ficamos deitadinhos juntos, começou a chover muito forte e eu tinha que tirar a roupa que estava lá no quintal de trás.
Eu: A roupa Jay – falei e saí correndo.
       Ele veio junto comigo e começamos a recolher as roupas, eu sorria do modo como ele tirava as roupas já estávamos encharcados e depois ele ainda ficou me segurando na chuva pra que eu não entrasse pra dentro de casa.
Justin: Banho de chuva amor – falou ele me segurando.
Eu: Não Jay – falei puxando meu braço e tentando correr.
       Consegui e saí correndo mais ele me pegou novamente me levando pra chuva e ficando de frente pra mim me olhando nos olhos, ele foi se aproximando e selou nossos lábios. Coloquei minha mão em seu rosto dando mais intensidade ao beijo e ele envolveu minha cintura me puxando mais contra seu corpo, pediu passagem pra sua língua e eu concedi. O beijo estava sendo o mais calmo possível, sempre quis um beijo na chuva e o acho que o Justin sabia que esse era o maior sonho de quese todas garotas. Era apaixonante e nossas línguas trabalhavam em conjunto nos envolvendo ainda mais naquele beijo, que pra mim poderia não acabar nunca mais. Encerramos o beijo com selinhos e por ultimo eu dei uma leve puxada no lábio inferior dele, nos olhamos e sorrimos. Depois entramos e subimos pro quarto pra trocarmos de roupa, já estava à noite e hoje fazíamos um mês de namoro.
Justin: Eu volto pra te buscar as 21:00 – falou ele me selando e saindo.
        Eu fiquei olhando ele ir embora pela janela e antes de iniciar a partida ele acenou pra mim. Eu fiquei vendo o resto do filme que estávamos assistindo e 19:30 subi pra tomar banho, terminei de me arrumar 20:40 e desci pra por a sandália lá em baixo. Terminei e fiquei assistindo iCarly, 21:00 em ponto e a campainha tocou, desliguei a TV peguei minha bolsa e abri a porta.
Justin: Está linda – falou ele e me selou.
Eu: Você também – falei sorrindo.
       Seguimos até o carro e ele abriu a porta pra mim deu a volta entrou e depois iniciou a partida. Fomos falando sobre um monte de coisas sobre nós mesmos, de quando éramos crianças. Assim que chegamos ao local ele saiu e abriu a porta pra mim, estávamos na praia e havia um grande barco, mais pra um Iate ali a deriva esperando por alguém. O Justin pegou na minha mão e me guiou até o barco, entramos e fomos até onde havia uma mesa de jantar a luz de vela. Ele puxou a cadeira pra mim eu sorri e sentei, ele sentou bem há minha frente e logo um garçom veio nos dar o cardápio. Fizemos o pedido e ficamos conversando até que ele chegou, comemos e depois fomos pro lado de fora ver aquele lindo mar. A noite estava linda e o com o Justin do meu lado ela se tornou perfeita.
Justin: Eu quero que esses um mês se torne anos do seu lado – falou ele me olhando nos olhos – Eu quero que seja minha até que a morte nos separe ou até mesmo depois da morte, nessa vida, na outra, na próxima e na próxima. Eu quero que seja só minha eternamente.
         Ele se aproximou e selou nossos lábios, eu não sabia o que dizer. O Justin conseguia me deixar sem reação sempre, eu apenas sorri e me aconcheguei em seu peito dele.
Eu: Eu te amo tanto Jay – falei abraçando ele forte e depois olhando nos olhos dele – É minha vida agora.
          Ele sorriu e eu o selei, ficamos em silêncio abraçados e depois voltamos a conversar. O Justin me contou coisas do Canadá o nome da mãe dele é Pattie e do pai dele Jeremy, ele tem dois irmãos por parte de pai a Jazmyn e o Jaxon. Ele também me contou que gosta de cantar e havia composto algumas músicas, eu não conhecia esse lado do Justin. Estávamos nos conhecendo aos poucos, ele disse que ia marcar um dia para irmos ao Canadá visitar a mãe dele que mora em Stratford , por mim tudo ótimo. Ele disse que os pais dele são separados e eu disse que os meus também, contei pra ele a história da separação dos meus pais e ele contou a dos pais dele. Ele me disse que o pai dele foi embora quando ele era pequeno e que a vida dele e da mãe dele sempre foi bem difícil, agora a mãe dele estava numa situação melhor. Ele ganhou a bolsa na escola então se ele tirar notas vermelhas perde a bolsa e o cargo de capitão do time, à hora foi passando e a noite ficando mais fria.
Justin: Vamos – falou ele pegando na minha mão.
       Seguimos até o carro dele que estava ali perto e depois fomos pra minha casa, ele estacionou lá na frente e ficamos em silêncio.
Justin: Vai buscar sua mãe amanhã? – perguntou ele quebrando o silêncio.
Eu: Aham – murmurei confirmando.
       O silêncio voltou.
Eu: Fica comigo até eu dormir? – perguntei gaguejando.
Justin: Claro – falou ele sorrindo.
       Saímos do carro e mais uma vez encontramos a Sarah do lado de fora, parecia que ela estava nos esperando. Minha mãe pediu pra ela ficar de olho em mim e é isso que ela esta fazendo, subimos e eu troquei de roupa e depois me deitei.
Justin: Sabe acho que a mãe do Den vai contar pra sua mãe que eu fiquei com você enquanto ela não estava – falou ele me colocando em seu peito.
Eu: Acho que não – falei me aconchegando no peito dele – Ela não é muito de fofoca.
        Ele sorriu pelo nariz e depois ficamos em silêncio, eu estava sem sono. Não queria parar de ouvir os batimentos do Justin, lembrei que ele me disse que cantava e eu queria ouvir ele cantando pra mim.
Eu: Jay se eu pedir uma coisa você faz? – perguntei gaguejando.
Justin: Claro que faço meu amor – falou ele.
Eu: Canta pra mim? – perguntei e ele ficou em silêncio.
         Fiquei pensando que talvez ele não gostasse de relembrar que seu sonho era ser cantor mais ele não havia corrido atrás e agora era um jogador de basquete da Universidade de Los Angeles, fiquei pensando um monte de besteira. Depois de um tempo ele começou a cantar uma música With You do Chris Brown e sua voz era extremamente linda, fiquei encantada com o talento dele pra cantar.

(JustinON)
          Ela me pediu pra cantar pra ela e eu fiquei pensando qual música eu cantaria, lembrei de uma música do Chris Brown que eu gostava muito e comecei a cantá-la.

I need you boo
I gotta see you boo
And there's hearts all over the world tonight
Said there's hearts all over the world tonight
I need you boo
I gotta see you boo
And there's hearts all over the world tonight
Said there's hearts all over the world tonight

         Ela sorriu pelo nariz quando eu comecei a cantar o refrão e eu acabei sorrindo também. Fiquei cantando enquanto fazia cafuné nela, logo notei que ela ficou quieta e quando olhei-a ela já estava dormindo. Eu não queria ir embora, mais era preciso, tirei-a bem devagar do meu peito deitando-a no seu travesseiro ela respirou fundo e logo se aconchegou nele. Selei meus lábios nos dela e depois me levantei, desci deixando um bilhete pra ela na cabeceira da cama e iniciei a partida até minha casa.
         Assim que eu cheguei lá todos já estavam dormindo subi pro meu quarto, tomei um banho e depois me deitei. Ouvi meu celular vibrar e comecei a procurá-lo, assim que achei li à mensagem que havia chegado.

(MensagemON)
“Sinto sua falta Justin, queria saber quando você vai largar aquela garota e voltar pra mim?! Eu ainda te amo e se errei foi por um deslize meu, prometo nunca mais fazer aquilo. Eu estava completamente louca é você quem eu quero, volta pra mim, por favor. Beijos, sua eterna namorada Selena.”
(MensagemOFF)

      Assim que eu terminei de ler a mensagem mudei minha expressão, o que aquela garota pensa?! Ela deve estar louca ainda. Será que ela não percebeu que a (SeuNome) é e sempre será a minha eterna namorada e a garota que eu sempre vou amar?! Ela é uma estraga prazer mesmo. A Selena sempre foi desse jeito, fazia tudo errado e quando percebia a felicidade das pessoas queria estragar tudo. Apaguei a mensagem eu não queria que a (SeuNome) se quer soubesse daquela mensagem e depois deitei novamente e logo dormi.
(JustinOFF)
------------------------------------------------------------------
Ah amoores como prometido de dois em dois dias postando o #IB (: Tenho um comunicado pra vocês, mais uma vez ocorrendo problemas com comentários. Eu queria saber porquê leitoras que comentavam antes não comentam mais?! Nossa não estão gostando da fic?! Eu sempre paro com quase tudo pra postar um cap que vale a pena e que vocês gostem mais sempre fico chateada com o número de comentários =( Agradeço aquelas que sempre comentam, até mesmo quando podem, mais eu não estou mais afim de ficar com leitoras fantamas que veem aqui lê e nem um comentário pra alegrar a escrito aqui deixam #bubu A situação realmente esta critica, então apartir de agora vou pedir um certo número de comentários e enquanto não tiver nada de fic. Desculpa para aquelas que sempre comentam, mais é a única coisa que eu posso fazer ou é isso ou parar com a fic ): E eu não quero fazer isso! Espero que vocês entendam e não me abandonem (yn) Bjustin !

~~Respondendo~~

FanFictions- Brenda Awn minha mafiosa foi a primeira a comentar lol Continuando coisa mar linda de Deus haha

Louise Duncan ‹з Awn anjo que bom que gostou (: Continuando...

JB_andyou AAAAAAAAAAA OMB dreamy nova na parada *--* Seja super bem vinda amoor e perfeita é voc u.u Que bom que esta gostando e espero que volte sempre (:

- Andressa Guedes ' Awn diva é voc u.u Continuando amoor e valeu por comentar sempre (Y)

@Ms_CBreezy É amoor ele te deu banho U.U Awn perfeita é voc e sabe bem disso, Obrigado por tudo mesmo você é um anjo mesmo *-*

@LuianeKristine  É amor ela se revoltou haha u.u

Deiara Awn sim amoor.. haha Nossa espero que dê pra você criar seu blog logo e faça muito sucesso (yn) Obrigado mesmo!

E é isso minhas dreamys, na próxima postagem quero ver minhas leitoras fantasmas aparecendo e fazendo minha alegria lol Boa leitura pra vocês e até mais!

Próximo cap 10 comentários de pessoas diferentes (: Até lá ! 

sábado, 29 de outubro de 2011

Dreams - Part. 34

Postado por @slaysdrauhl às 15:31
Reações: 
7 comentários
Eu: Ok – falei abrindo a porta, antes de sair dei um selinho nele.

            Entrei em casa e o Justin seguiu pra casa dele, joguei a bolsa no chão e tirei os sapatos. Eu ainda estava com a roupa de líder, subi indo direto pro banheiro. Tomei um banho demorado e depois saí com a toalha na cabeça e enrolada em outra, vi que na secretária eletrônica tinha uma nova mensagem e liguei.
(MensagemON)
            “Filha a mamãe vai voltar pra casa amanhã junto com a Julie 12:00, não precisa ir nos buscar se não quiser. Mamãe te ama demais e está morrendo de saudades, espero que a escola de vocês ganhe o campeonato e cuidado na festa de comemoração. Beijo meu anjo e se cuida.”
(MensagemOFF)
            Assim que a mensagem acabou eu sorri sozinha, ela já até sabia que se ganhássemos teria festa. Minha mãe é demais mesmo u.u Me arrumei e depois fiquei dando os últimos retoques.

       Desci e fiquei pensando enquanto esperava o Justin, estava achando estranho estarmos indo a uma festa na casa do John depois de tudo. A campainha tocou e eu não fui atender no primeiro momento estava nos meus devaneios como sempre, tocou mais uma vez e eu sai do transe me levantando pra atender. Abri a porta e o Justin estava arrumando a roupa, eu sorri da situação e ele levantou o rosto me olhando e sorrindo.
Justin: Esta perfeita como sempre – falou ele e mordeu o lábio.
Eu: Você também – falei sorrindo envergonhada.
Justin: Vamos? – perguntou ele depois de um tempo.
Eu: Claro – respondi saindo e trancando a porta.
Fomos até o carro de mãos dadas e assim que chegamos lá ele abriu a porta pra mim, eu entrei e ele deu a volta logo fazendo o mesmo e iniciando a partida.
Justin: Quando a sua mãe volta? – perguntou ele quebrando o silêncio.
Eu: Ela disse que depois de amanhã – respondi retocando o gloss.
Justin: Uhm – murmurou ele.
            O resto do caminho não falamos nada ficamos apenas respirando fundo, estávamos tensos com a situação. Cheguemos na casa do John que estava cheia, era mais que uma festa de comemoração, aquilo estava mais pra uma balada. O Justin me olhou e depois estacionou, ele deu a volta e abriu a porta pra mim. Seguimos até a casa de mãos dadas e o pessoal que estavam do lado de fora ficavam olhando pra gente, umas meninas ficavam me olhando e cochichando entre si.
Justin: Não liga não, elas tem inveja de você porque você é perfeita – falou ele sorrindo.
Eu: Ah sei – ironizei em um sussurrei pra que ele não escutasse.
            Entramos e o John logo veio nos receber.
John: E aí JB – falou ele e eles fizeram um toque doido lá.
Justin: Festa maneira bro – falou o Justin olhando ao redor.
            Havia um monte de pessoas dançando, um monte de garotas vulgares.
 John: Vem comigo pra eu te mostrar uma coisa – falou ele.
            O Justin foi bem atrás dele me puxando ele parecia empolgado com a festa, enquanto passávamos entre as pessoas umas garotas mexiam com o Justin. Aquilo estava me deixando irritada, eu estava ficando com raiva e queria ir embora já.
John: Esse é o Justin meninas o capitão do nosso time – falou o John parando em um grupo de garotas seminuas e puxando o Justin com tudo.
Garotas: Oi Justin – falaram em coro com cara de safadas.
            Senti meu sangue ferver, o Justin sorria envergonhado. Eu saí dali sem que ele notasse e me sentei bem lá no canto sozinha, queria ficar longe pra não ver aquelas meninas comendo meu namorado com os olhos. As meninas chegaram e me avistaram ali, os meninos foram pra onde o Justin estava com o John e elas vieram sentar comigo.
Bree: Olha como aquela vaca ta olhando pro Chaz – falou ela séria olhando pra onde os meninos estavam.
Serine: Eu mato uma delas hoje – falou ela e parecia irritada.
Eu: Também eles não saem de lá porque não querem – falei nervosa – O Justin me paga.
Blear: Eles nos pagam – falou séria também.
Britney: Calma meninas – falou ela calma.
            Olhamos pra ela séria e ela arregalou os olhos.
Britney: Vamos dançar pra relaxar? – perguntou ela e eu e as meninas nos entre olhamos.
Eu: Boa idéia – falei sorrindo.
Bree: É mesmo – falou ela sorrindo também.
           Fomos pra pista e começamos a dançar, estava tocando a música Don’t wanna go home do Jason Derulo. Estavam servindo bebidas e eu comecei a beber sem parar, eu já estava começando a ver tudo rodando e parecia que eu estava pisando em buracos ao invés de estar dançando. Uns caras começaram a dançar com a gente e eles se esfregavam demais, eu estava com raiva e as meninas também então continuamos dançando com eles mesmo.

(JustinON)
            Assim que chegamos o John me puxou para apresentar umas amigas dele, a (SeuNome) estava comigo e do nada sumiu. Vi ela lá no canto sentada sozinha, queria ir pra lá mais o John estava tão empolgado na conversa que decidi ficar mais um pouco. Os outros caras do time chegaram e foram direto pra onde estávamos no caminho o Ryan já pegou uma mina loira lá, o cara é rápido. Assim que eles chegaram o John apresentou as meninas pra eles também e ficamos conversando, elas me perguntaram se eu tinha namorada e eu respondi que sim mais mesmo assim continuaram dando em cima de mim. Depois de um tempo eu procurei a (SeuNome) e vi ela na pista de dança com as meninas, logo uns caras chegaram nelas e aquilo me irritou.
Eu: Chaz olha aquilo – falei apontando pra onde elas estavam.
Chaz: A Bree ta doida? – perguntou ele irritado.
            A (SeuNome) estava estranha, ela deixava os caras ficar se esfregando nela. A Bree também estava estranha, todas elas estavam estranhas. Fomos até elas e no caminho umas meninas ficavam me puxando, cheguei e empurrei o caro que estava atrás da (SeuNome).
Justin: Ta louco bro?! – gritei e ele veio pra cima de mim me peitando.
            O Chaz separou nós dois e a (SeuNome) continuou dançando.
Chaz: É a namorada dele sabia – falou ele pro cara que deu de ombros.
Cara: Quem manda ele deixar a namorada gostosa dele sozinha – falou ele e depois cerrou o cenho.
            Ouvi aquilo me deixou ainda mais irritado, eu ia partir pra cima dele mais o Chaz me segurou.
Justin: Saí fora seu filho da puta – gritei enquanto ele ia com os amiguinhos dele – Se encostar na minha garota de novo eu acabo com você.
Chaz: Para bro – gritou ele ainda me segurando.
            Eu fiquei mais calmo quando vi aquele otário saindo e fui buscar a (SeuNome), puxei ela pelo braço até o canto e ela me olhou irritada.
(SeuNome): O que foi Justin? – gritou ela.
Eu: O que esta fazendo? – rebati outra pergunta.
(SeuNome): Volta com as suas vadias – falou ela puxando o braço da minha mão e indo de volta pra pista.
            Eu a puxei de novo a fazendo olhar em meus olhos, ela estava completamente bêbada. Eu não devia ter deixado ela sozinha em momento algum.
Eu: Vamos embora – eu gritei pra que ela escutasse por conta do som alto.
(SeuNome): Vai você – falou ela tentando puxar o braço.
Eu: Você vem comigo – falei olhando pra ela sério.
(SeuNome): Ta cedo Jay – falou ela fazendo biquinho – Só mais um pouquinho.
            Ela se aproximou e selou nossos lábios, ela logo pediu passagem para sua língua e eu concedi, levei minhas mãos até a cintura dela e ela envolveu meu pescoço. Fui levando ela devagar e encostando-a na parede, parei de beijar ela e olhei seu rosto e ela sorriu mordendo o lábio inferior.
Eu: Vamos embora – falei ainda olhando ela.
            Ela fez sinal negativo com a cabeça e saiu de perto de mim.
(SeuNome): Eu vou ficar se quiser pode ir – falou ela voltando pra pista de dança com as meninas.
            Eu não queria ser ignorante mais ela não me deu escolha, fui andando até ela e a peguei colocando-a nas costas como um saco.
(SeuNome): Me solta Justin – gritou ela batendo nas minhas costas.
            Eu a levei até o carro abri a porta e coloquei-a lá dentro. Dei a volta e entrei logo iniciando a partida, ela ainda estava com um copo na mão bebendo, eu o peguei e joguei fora. Ela me olhou irritada e depois voltou seus olhos pra rua, não falávamos nada apenas o silêncio dominava tudo. Olhei pra ela depois de um tempo e ela estava dormindo, fiquei me sentindo culpada por ela estar daquele jeito. Assim que cheguei na casa dela estacionei e dei a volta pra pegar ela, entrei com ela no colo e subi até o quarto. Sentei ela na cama e tirei as sandálias dela, ela ainda estava meia sonolenta.
            Entrei no banheiro e coloquei a toalha pra ela depois voltei e ela estava deitada dormindo.
Eu: (SeuNome) acorda – falei balançando ela.
(SeuNome): Não Justin – falou ela ainda com os olhos fechados e se virando.
Eu: Tem que tomar banho vem logo – falei pegando ela.
            Ela se levantou e foi andando apoiada em mim até o banheiro, chegando lá eu tirei o vestido dela deixando-a somente de roupas intimas. Me esforcei pra não olhar mais acabei olhando, como ela era gostosa de calcinha e sutiã. Voltei a focar no que eu tinha que fazer e liguei o chuveiro, coloquei ela dentro da água gelada e ela me abraçou quando sentiu o gelo que a água estava.
(SeuNome): Ta muito fria Jay – sussurrou ela me abraçando forte.
            Minhas mãos em volta das suas costas nuas e seu corpo seminu colado ao meu me deixou excitado, fiquei com vergonha de mim mesmo.
(SeuNome): Entra comigo – pediu ela e eu aceitei.
            Soltei ela por um estante e saí pra tirar minha roupa, fiquei apenas de cueca box e voltei pro chuveiro. Ela me abraçou colando seu corpo ao meu novamente e meu membro começou a ficar rígido, eu não queria que fosse assim mais não conseguia me controlar, não com ela. Passei sabão no corpo dela e deixei suas partes intimas por ela mesma, passei xampu e condicionador no cabelo dela e depois enxagüei. Enquanto ela estava com os olhos fechados eu fiquei olhando seu rosto perfeito e também seu corpo, assim que terminei tirei ela do chuveiro e a enrolei na toalha. Levei-a pro quarto e deixei a roupa em cima da cama, voltei pro chuveiro e tomei um banho. Saí do chuveiro e me troquei no banheiro mesmo, fiquei me culpando por ela estar bêbada. Se eu tivesse ficado do lado dela o tempo todo ela não estava assim, pra mim vê-la bêbada era como se a pureza dela estivesse se esgotando, como se aquilo fizesse dela uma garota impura. E na minha mente a culpa daquilo estar acontecendo era apenas minha, eu estava tirando a pureza dela.
            Saí do banheiro e encontrei com ela deitada dormindo, era o momento em que ela se tornava um anjo mesmo estando naquela situação. Ela bêbada me olhava diferente, até seu sorriso mudava ela parecia aquelas garotas que o John me apresentou e eu não queria isso. Eu quero acordar e ver a velha (SeuNome) aqui comigo, ter seu olhar tímido, seu sorriso meigo e seu jeito doce de falar. Me deitei do lado dela e fiquei olhando ela dormir, como ela pode ser tão perfeita?! Nem eu sabia explicar pra mim mesmo. Acabei dormindo admirando a beleza dela e sonhei com ela, o sonho era estranho mais pra um pesadelo.
            Estávamos na festa novamente e tinha um cara com ela no canto da festa beijando- a, eu cheguei perto deles e tentei separá-los mais não dava. Acordei suando e assustado com aquele sonho e ela estava dormindo em meu peito, fui me acalmando aos poucos. Confesso tenho medo de perder a (SeuNome), esse tempo que ficamos longe um do outro me fez perceber que ela é mais importante pra mim do que eu imaginei que fosse. Fiquei pensando e demorei pra voltar a dormir novamente, mais depois de um tempo não vi mais nada.
(JustinOFF)

Continua... 

 -----------------------------------------------------------------
Ah amoores enfim postei e acho que vou ficar postando desse modo mesmo, de dois em dois dias o que acham? Meus problemas já se solucionaram então não precisam se preocupar mais com essa preta aqui..haha (: Amei ver que tem dreamys lindas que se preocupam comigo *--* Isso me deu mais força ainda pra superar tudo! Espero que estejam gostando da fic e já vou avisando que muitas emoções vão rolar hein ~~surpresa~~

~~Respondendo~~
Imagine Belieber Continuando amoor lol Fico feliz que tenha gostado (: Valeu por comentar '-'

FanFictions- Brenda   Awn amoor perfeita é voc e voc sabe bem disso é u.u Ahhhh que linda você amoor se tu morrer eu tbm morro e sabe bem que eu te amo muito minha mafiosa <3 

@GirlsOf_Bieber Awn amoore continuando (: Senti saudade dos seus comentários >< 

@drielypedroso Awn obrigado anjoo e aí mais pra vocs (: Valeu pelo carinhoo!

@LuianeKristine kkkkk amor será que ele vai dar em cima de voc?! O.O Que safadenho que ele será se fizer isso! haha
@Ms_CBreezy Awn coisa linda valeu pelo carinhoo (: Eu tbm sou fã do CB \õ/ Owuns que bom que esta gostando do #IB, continuando flor *-*

Vitória da Glória Awn valeu amoor (:

Deiara  Awn amoor obrigado voc pelo carinho e eu já estou melhor anjo (: Valeu pela força e pela preocupação. Um beijão pra ti anjoo :* Voc tbm é super fofa e vou divulgar teu blog aqui no meu ok?! Bjo, bjo.

- Andressa Guedes '  Awn amoor isso me deixa muito feliz :D Obrigado!

Até o próximo cap amoores onde vai acontecer o 1 mês de namoro seu com o Justin *-* Boa leitura e espero que gostem! Bjustin :* 

FanFictions- Brenda 

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Dreams - Part. 33

Postado por @slaysdrauhl às 16:51
Reações: 
9 comentários
Ela me olhou com uma cara de assustada e eu sorri.
(JustinOFF)

            Enquanto eu arrumava tudo pra depois comermos o Justin ficava me regulando de cima pra baixo parecia que iria me devorar com os olhos, eu o repreendi e ele me deixou envergonhada dizendo que eu era perfeita. Tadinho acho que ele precisa ir ao oculista mais vezes porque tipo eu não sou tudo isso, nem bonita eu sou ¬¬ Depois ele veio me selou e me disse pra não ficar com vergonha e depois disse “ Eu te amo”, eu provoquei ele perguntando se ele amava mesmo e ela me encheu dizendo que eu estava duvidando da palavra dele. Ele disse que iria provar o seu amor por mim e saiu pra rua me deixando assustada, o que ele iria fazer?! Ops minhas brincadeiras sempre fodem comigo.
            Fui na rua ver o que ele estava aprontando e vi um táxi parado em frente de casa, assim que eu sai o Justin pegou o radinho do táxi do homem e começou a fazer uma declaração.
Justin: Eu estou aqui hoje pra falar de uma garota que mora na casa número 1.050 e que é a mais gata dessa vizinhança, ela é minha namorada sabe – começou ele e disse que eu era namorada dele olhando pro dono do táxi.
Taxista: Que sorte – falou ele ao Justin e eu sorri.
Justin: Então continuando aqui – falou ele e voltou a me olhar, os vizinhos começaram a sair de suas casas pra ver o que era aquilo, o que me deixou ainda mais envergonhada – Estou aqui hoje para dizer diante de vocês todos que eu amo muito a (SeuNome) e que ela é e vai ser sempre a mulher da minha vida, eu quero casar e ter filhos com ela, acordar e dormir do lado dela pelo resto dessa minha vida que antes não significava nada pra mim até encontrá-la. Ela se tornou tudo pra mim a razão por estar aqui hoje, a razão por meu coração bater e toda a minha respiração vem dela, ela é a namorada mais perfeita que um garoto idiota como eu pode ter. Eu te amo demais (SeuNome).
            Depois de dizer essas maravilhas ele veio andando até a mim sorrindo enquanto os vizinhos o aplaudiam.
Justin: Acredita no meu amor agora? – perguntou ele assim que chegou perto de mim.
Eu: Eu sempre acreditei – sussurrei e sorri - Meu garoto idiota.
            Ele se aproximou e selou os nossos lábios, o beijo foi rápido e quase sem emoção já que estávamos na rua e havia muitas pessoas. Eles começaram a aplaudir pareciam uns bestas até, depois de um tempo o Justin agradeceu ao taxista e aos vizinhos por ter participado daquele momento e depois entramos pra dentro de casa.
            Comemos e depois ficamos no nosso clima de romantismo enquanto assistimos desenho.
***
            As semanas foram se passando e a final do campeonato era hoje e o time estava invicto e ia disputar a final contra o time de Nova York, já estávamos no final do mês e minha mãe logo voltaria pra casa. O Den pediu desculpas pra mim e pro Justin, disse que nunca mais atrapalharia o nosso namoro e acabamos voltando a ser amigos. Amanhã eu e o Justin completamos um mês de namoro e isso é ótimo, acho que vamos sair juntos sei lá. Hoje ele não vem passar a tarde comigo então ficarei no tédio até a hora do jogo, estava assistindo filme quando meu celular tocou.
(LigaçãoON)
Eu: Alô – falei prolongando.
XX: Oi (Seu Nome) – falou uma vez irreconhecível, era o Chris meu ex-namorado do Brasil.
Eu: Oi Chris – falei empolgada.
            Eu estava morrendo de saudade dele, aliás, éramos amigos além de namorados, eu queria saber como que andava as coisa por lá com as meninas. Eu tenho uma melhor amiga lá mais não nos falamos há algum tempo o nome dela é Julie, ela namora o irmão do Chris o Adam.
Chris: E aí como andam as coisas? – perguntou ele me tirando dos meus devaneios.
Eu: Bem e por aí? – falei sorrindo.
            Fiquei muito feliz com a ligação dele.
Chris: Esta tudo ótimo – respondeu ele e parecia sorrir também – A Julie e a minha mãe estão te mandando um beijo.
Eu: Awn manda outro pra elas e diz que eu to morrendo de saudades – falei e senti um aperto no coração.
            Como eu queria poder dizer pra Juh tudo o que esta me acontecendo e dividir tudo com ela como eu sempre fazia quando morava no Brasil.
Chris: Mando sim – falou ele – A você não sabe da maior.
Eu: Conta logo – sibilei e ele sorriu.
Chris: A Julie e o Adam vão morar aí em Los Angeles – falou ele e eu quase morri com a noticia.
Eu: Não brinca – falei boquiaberta.
Chris: Eu não estou brincando não (SeuApelido) – falou ele sorrindo.
Eu: Ah Chris isso é demais – falei super feliz com a noticia.
            Havia uma casa a venda aqui do lado de casa e eu iria fazer de tudo pra Juh e o Adam comprar ela.
Chris: É sim – rebateu ele – Eu vou com eles pra passar uma semana e depois eu volto, podíamos nos encontrar pra matar a saudade né?
            Ele fez a perguntada e parecia tímido nas palavras.
Eu: Claro que sim Chris – falei empolgada.
Chris: Esta bom então – concluiu ele – Vamos daqui a dois dias.
Eu: Ok – murmurei.
Chris: Sua mãe nos falou de uma casa próxima a sua e a Juh já entrou em contato com o dono, parece que ela vai ser sua vizinha – falou ele e eu levantei do sofá num pulo – Vai voltar a te encher o saco.
Eu: Ah fala sério Chris sabe que a Julie é minha melhor amiga – falei e sorri – Ela nunca me enche o saco man.
            Ele sorriu e eu sorri também.
Chris: Então ta né – falou ele se rendendo – Vou ter que desligar aqui (SeuNome), até mais.
Eu: Até Chris.
(LigaçãoOFF)

            Eu ainda não estava acreditando que a Juh ia ser minha vizinha, tudo ia voltar a ser como antes. Nós duas comendo o juízo da minha mãe, mais com uma diferença temos namorados agora. Ela é quase que casada com o Adam os dois namoram a 5 anos e agora vão morar juntos, quando eu vim embora ia fazer um ano que eu namorava com o Chris. Voltei a assistir TV mais a ansiedade de ter minha melhor amiga do meu lado de novo falava mais alto, o Adam e a Juh ainda estudam e talvez estejam vindo pra cá por isso. Minha mãe deve ter dito que a escola onde eu estou depois do último ano encaminha o aluno pra uma faculdade ótima e eles se interessaram.
            A hora passou rápido e logo chegou a hora de me arrumar para a final, estávamos preocupados e o Justin treinou a tarde toda pra isso. Assim que terminei de me arrumar e estava indo pro ginásio encontrei com o Den no caminho.
Den: Oi – falou ele sorrindo.
Eu: Oi Den – falei e sorri também.
Den: Estou indo ver a final do campeonato quer uma carona? – perguntou ele meio tenso.
Eu: Ah claro – falei aliviada.
            Entrei no carro do Den e seguimos até o ginásio em silêncio, assim que chegamos lá eu agradeci e desci indo pro vestiário das líderes. Encontrei as meninas lá e conversamos um pouco, depois ensaiamos e fomos pra parte onde entraríamos hoje. Vamos entrar por outra parte e sem os meninos, a Selena terminou com o John e ele ta saindo com outra menina agora. Ela vive secando eu e o Justin quando estamos nos beijando, mais que se dane ela.
            Entramos em quadra e nos apresentamos, algumas garotas e garotos levaram uma placa escrito “(SeuNome) eu te amo” fiquei encantada com aquilo. Depois de um tempo os dois times estavam em quadra e o jogo já ia começar, antes dele começar o Justin veio perto de mim e me selou. Segundo ele isso dá sorte e o time ganha, não vou negar mais eu amo isso, é uma superstição boba que eu amo. O jogo estava difícil e tais e eu e as meninas estávamos passando energia positiva pros meninos, nos últimos instantes todos estávamos nervosos com a situação o jogo estava 104 x 104 um empate e teríamos que passar pela disputa de acerto de cesta. Fizeram uma falta horrível no Justin e ele machucou a sobrancelha, estava sangrando muito e estancaram o sangue e ele logo voltou pra cobrar a falta. Ele acertou duas cestas que valeram cinco pontos cada o que fez o nosso time disparar na frente, o juiz apitou e os garotos pareciam loucos pulando na quadra. Os meninos do banco foram pra quadra e aquilo virou uma loucura, eu e as meninas começamos a comemorar pulando e a Selena revirou os olhos e ficou parada sozinha.
            Fomos pra quadra junto com os meninos pra entrega das medalhas que foi a coisa mais linda, depois trouxeram o troféu e o Justin o levantou. Todos gritavam na quadra e começaram jogar confetes prateados, o Justin chegou perto de mim e me beijou. Todos na quadra começaram a gritar mais ainda e as meninas do grupo de líderes do time de Nova York começaram a me encarar, acho que elas eram afim do Justin. Nossa várias meninas é afim dele, também é impossível não se interessar por ele com aquela beleza e aquele jeito encantador. Assim que saímos de lá fomos direto pra minha casa.
Justin: Amor se arruma que hoje tem festa de comemoração na casa do John – falou ele estacionando – Eu vou lá em casa e depois passo aqui pra te buscar.
Eu: Ok – falei abrindo a porta, antes de sair dei um selinho nele.

------------------------------------------------------------------------------
Ahhh naum me matem amoores, mais é que eu estava com meus problemas aqui e eles deram uma piorada mais agora acho que esta tudo bem. Prometo que não vou mais abandonar vocês desse jeito minhas dreamys, mais é que estava sendo dificil mesmo. Espero muitos comentários e que vocês estejam gostando da fic '-'

- E aí o que estão achando?? 

~~Respondendo~~ 

@Luiane Kristine Aí amoor mate a sua curiosidade, a primeira a comentar ~~samba~~ Desculpa por estar demorando tanto anjo >< Obrigado por comentar!
Anônimo Awnn Driely perfeita é vc amoore, valeu por comentar e desculpe-me pela demora S:

@Miley_JBieber O Justin adora aprontar alguma coisa sempre, e ele vai apronta muito ainda..haha Perfeita é voc e desculpa aí pela demora anjo, valeu por comentar!

Brazilian Belieber  Awnn voc é muito linda e especial minha dreamy, obrigado por se importar comigo e espero que as minhas idéias nunca faltem mesmo até porque faço isso por vocs. Nem tem como não chorar amor quando eu estou escrevendo eu entro na história..haha Que bom que gostou fico feliz com isso :D


- Andressa Guedes 'Calma meu anjo naum morre naum hein ^^ Desculpa a demora amoore e a continuação está aí espero que goste (:

@Ms_CBreezy  Awnn amoor que ótimoo que esta gostando, leitora nova ~~dança~~ SEJA BEM VINDA DREAMY *--*  Perfeita é voc, nossa fã do CB, valeu por estar acompanhando o #IB '-'

  Awnn amoor que fofa *--* Eu estou um pouco melhor anjo naum precisa se preocupar, naum mesmo. Minhas idéias voltaram, desculpa a demora e pretendo recompensar vocs por isso. Obrigado mesmo (:

Deiara Awnn amoor calma, calma num morre naum..haha  É  taah na hora mesmo (66'Que bom que esta gostando anjinhaa (:

FanFictions- Brenda  MINHA BANDIDA TAAH DE VOLTA GENTE *-------* Awnn amoor que bom que cê acha isso, isso me deixa com um sorriso imenso no rosto :D Tbm morrendo de saudade de vc meu amoor >< Nunca fiquei tanto tempo sem falar com vc cheguei a pensar que eu ia morrer S: Mais que ótimoo que vc esta de volta lol SEJA BEM VINDA DE VOLTA!

Boa leitura dreamys, cometem, comentem muito e o próximo cap promete muitas emoções nessa festa... Até a próxima postagem!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Dreams - Part. 32

Postado por @slaysdrauhl às 16:26
Reações: 
9 comentários
Ela não falava nada e não conseguia saber se aquilo era bom ou ruim.
(JustinOFF)

            Depois de ouvir ele falar tudo aquilo enquanto ainda olhávamos nos olhos um do outro fiquei sem reação, eu fiquei olhando bem os olhos do Justin e transparecia verdade em cada linha de perfeição daqueles olhos caramelos. Fiquei perdida no meu mundo de devaneios e quando voltei para realidade os lábios do Justin já se encontravam nos meus, ele pediu passagem pra sua língua e como sempre eu concedi me envolvendo em seu beijo lento e molhado. Eu sentia falta dos seus lábios e do seu cheiro, envolvi meus braços em volta do pescoço dele e ele envolveu minha cintura colando mais os nossos corpos.
            Aquela estava sendo a minha forma de dizer que queria voltar a ser só dele e que ele tinha o meu perdão, mais mesmo assim uma ponta de dúvida rodava a minha cabeça enquanto eu estava nos braços do garoto que se tornou toda a minha vida.
Eu: Na próximo vez que duvidar do meu amor eu vou te encher de porrada Justin Drew Bieber – sussurrei com meus lábios ainda próximos ao dele e alisando sua nuca.
            Ele sorriu e selou nossos lábios novamenete.
Justin: Eu te amo – sussurrou ele entre selinhos – Te amo mais que tudo no mundo, mais do que a mim mesmo.
            Eu o puxei para um beijo e depois levei meus lábios até seu ouvido.
Eu: Eu te amo mais que tudo – sussurrei e beijei o pescoço dele – Nunca mais fique longe de mim, você entendeu?
Justin: Eu nunca mais vou ficar longe de você – sussurrou ele colando sua testa na minha e olhando em meus olhos – Só quando você quiser que eu saia.
Eu: Nem pense em fazer com que eu queira que você saia de perto de mim – sibilei e depois selei nossos lábios.
            Ficamos nos beijando para matar toda a saudade, e depois andamos de mãos dadas pela linda praça que havia ali perto. O Jay comprou sorvetes e ficamos brincando como crianças enquanto sujávamos uns aos outros.
Justin: Esta sujo aqui amor – falou ele apontando pros meus lábios.
Eu: Onde? – perguntei lambendo o lado oposto de onde ele disse estar sujo.
Justin: Eu limpo – sussurrou ele e aproximou seus lábios do meus e beijou a parte de cima dando uma leve puxada o que me fez fechar os olhos.
Eu: Valeu – sussurrei ainda meia sonsa.
            Ficamos passeando durante um tempo e depois voltamos pra casa da Ashy, assim que chegamos lá encontramos com ela chegando ao mesmo tempo.
Ashy: Desculpa (SeuNome) mais ele encheu o saco aí eu tive que falar que você estava aqui – falou ela sem respirar ao menos.
Eu: Calma Ashy – falei e sorri olhando pro Justin que sorriu também.
Ashy: Resolveram? – perguntou ela e depois olhou para nossas mãos dadas – Ah vejo que sim.
            Eu e o Justin nos entre olhamos e sorrimos, a Ashy tem um jeito louquinho muito engraçado. Não dá pra não ri do jeito como ela age. Entramos na casa dela e ficamos conversando durante um tempo, até que chegou a hora de eu ir embora já que hoje eu tenho que ir pro jogo.
Eu: Obrigado por tudo Ashy – falei abraçando ela.
Ashy: Sempre que precisar pode contar comigo (SeuApelido) – falou ela retribuindo meu abraço.
            Peguei as minhas roupas que ela trouxe e o meu buque de rosas me despedi dela mais uma vez e depois segui pra casa com o Justin, assim que chegamos na frente da minha casa vimos o Den saindo com o pai dele. Eu e o Justin descemos juntos e andamos até a porta de mãos dadas, olhei para o Den de canto e ele nos olhava com um olhar estranho e assustador confesso que me deu um certo medo. Entramos e a casa estava abafada por estar fechada naquele calor todo, saí abrindo todas as janelas enquanto o Justin foi até a cozinha colocar as rosas na água.
             Subi pro meu quarto e tomei um banho, coloquei uma regata branca com um short curto e desci descalça e de cabelo solto. Arrumei a sala enquanto o Justin ainda estava na cozinha e depois fui ver o que ele estava aprontando, assim que cheguei lá não havia ninguém.
Eu: Jay – gritei e ele não estava lá.
            Subi pro meu quarto e abri a bolsa que a Ashy me mandou com minhas roupas e avistei a revistinha que eu li durante esse tempo lá, a Ashley colocou lá pra mim *-* Logo comecei ler jogada no sofá e depois de um tempo ouvi um barulho de carro estacionando. A porta se abriu e quando eu olhei vi o Justin com um monte de sacolas no braço, de óculos escuro, bermuda, camisa regata e all star masculino azul. Olhei ele de cima pra baixo e sorri maliciosa, ele estava de boné *-* Era a primeira vez que eu estava vendo ele de boné.
Justin: Me ajuda aqui – falou ele e eu acordei do transe.
Eu: Ah claro Jay – murmurei e fui até ele pegando algumas sacolas.
            Assim que eu peguei algumas sacolas ele me olhou de cima pra baixo sem disfarçar e lambeu os lábios.
Justin: Amor você ta muito gosto... – eu o interrompi.
Eu: Jay – murmurei e sorri.
Justin: Muito gata amor – falou ele ainda me olhando com cara de safado – Muito gata.
            Eu sorri e depois segui até a cozinha e ele veio bem atrás de mim.

(JustinON)
            Eu fui na cozinha beber água e colocar as rosas no jarro, depois que voltei ouvi o chuveiro da (SeuNome) ligar decidi ir na minha casa tomar um banho também e depois passar em uma lanchonete pra pegar umas comidas. Assim que cheguei em casa me deparei com o Chaz e o Ryan no sofá jogando video game enquanto a Bree estava na cozinha.
Eu: E aí bro’s – falei e joguei a chave do carro na mesa.
Ryan: Onde tu tava cara? – perguntou ele dando pause no jogo.
Chaz: Ryan não para essa porra não – gritou ele irritado – É Justin onde tu tava?
Eu: Eu tava com a minha garota – falei e eles me olharam com os olhos arregalados.
Ryan: Passou a noite com a (SeuNome)? – perguntou ele com uma cara de malicioso e depois olhou pro Chaz.
Eu: Já é a segunda vez – falei e eles se entre olharam e começaram a rir.
Ryan: Tu ta mole mesmo Chaz – gritou ele – Só tu que não pegou a Bree ainda.
Bree: Ryan seu animal eu estou aqui – gritou ela da cozinha.
            Eu e o Chaz começamos a rir e o Ryan ficou calado.
Eu: Eu e a (SeuNome) também não fizemos ainda – falei dando um tapa na cabeça do Ryan – Eu só durmo lá na casa dela.
Ryan: Eu tenho dois amigos gays – falou ele e eu e o Chaz encaramos ele – Brincadeira bro’s.
Eu: Deixa eu ir tomar banho que eu ainda tenho que voltar pra casa da minha gatinha – falei e depois subi correndo.
            Tirei a roupa e entrei no chuveiro, saí depois de um belo banho refrescante e coloquei uma roupa suave. Uma bermuda, blusa regata, meu all star azul e um boné. Desci e eles ainda estavam jogando, saí sem nem dizer tchau e fui em direção a uma lanchonete ali perto. Comprei alguns lanches e sobremesas e depois segui pra casa da (SeuNome), assim que cheguei lá estacionei o carro e peguei as sacolas. Pensei que ela ainda estava ocupada então abri a porta com muito esforço e entrei, vi as pernas dela balançando no sofá e fiquei esperando ela me ajudar. Ela nem se moveu então eu pedi ajuda e ela veio e me ajudou, assim que eu consegui ver ela direito fiquei boquiaberto. Cara ela estava de short curto, blusa regata e cabelo solto, mais que gata ela estava muito perfeita e gostosa, como sempre. Vi a minha sorte bem na minha frente e fiquei comendo ela com os olhos, ela sempre me provocava usando aquelas roupas curtas e sexy. Eu não estava mais no meu normal então quase falei pra ela que ela estava muito gostosa mais ela me interrompeu e eu disse muito gata mesmo, ela sorriu de um medo meigo e depois seguiu pra cozinha. Me curvei pra dar uma olhada na bunda dela e mordi meus lábios enquanto ela andava bem na minha frente com aquele seu corpão, balancei a cabeça voltando ao normal e a segui.
Eu: Que isso meu Deus – sussurrei e mordi meus lábios quando entrei na cozinha e vi ela na pontinha dos pés pra pegar os copos.
            Como ela conseguia ser tão sexy?! Sei não mais acho que vou ter um infarto logo, logo com essa minha namorada. Fiquei com meus pensamentos pervertidos enquanto olhava cada movimento dela e mordia meu lábio inferior.
(SeuNome): Oh Justin se você ficar me olhando desse jeito eu vou trocar de roupa – falou ela sem ao menos me olhar, parecia tímida.
Eu: Ah amor desculpa – falei e a olhei mais uma vez de cima pra baixo – É que você é muito... Perfeita sabe.
            As bochechas dela coraram e eu sorri, fui até ela devagar e a puxei pra mais perto colando nossos corpos.
Eu: Fica com vergonha não amor – sussurrei e depois selei ela – Eu te amo.
(SeuNome): Ama mesmo? – perguntou ela e fez biquinho.
Eu: Ta duvidando? – rebati outra pergunta encarando ela.
(SeuNome): Não – respondeu ela sorriu e depois me selou.
Eu: Ta sim – falei assim que ela separou os lábios dos meus meus.
(SeuNome): To não – rebateu ela sorrindo.
Eu: Vou provar que te amo espera aí – falei e saí da cozinha indo pra rua.
            Ela me olhou com uma cara de assustada e eu sorri.
(JustinOFF)

Continua.. 
-------------------------------------------------------------------------------
Ah amores desculpa a demora >< Mais é que estava com uns problemas nessa minha vida sabe e as idéias estavam me faltando ): Eu resolvi um pouco e vou tentar postar com mais frequencia pra vocês, eu realmente não ando muito bem minhas dreamys. Espero ter muitos comentários e até a próxima postagem! Bjustin :* 


 ~~ Respondendo~~

 Deiara Awn que mara que você curtiu a nova cara do blog '-' Ah para de ser fominha menina u.u E eu num sou mal nada é que eu sou preguiçosa >< Obrigado e perfeita é vc, valeu por comentar!

@fansjustinbraz1  Continuando amor, que ótimo que você esta gostando '-' Fico feliz com isso!

Anônimo Awn anonimo que bom que esta gostando '-' Queria saber seu nome anjinho ><

- Andressa Guedes '  É mais ele estragou boa parte --' Que nada amoor vooc é nova merece as boas vindas (:

Andréia Perfeita é vooc, continuando!

  oooooooi dreamy, que bom que gostou do novo visu do blog (: Fico muito feliz que tenha gostado do cap, é o Justin é meio burrinho né S: Obrigado!

 Brazilian BelieberAwn que ótimo que voc gostou do cap, espero que goste desse também >< Obrigado por tudo mesmo dreamy, ah menina me deu um aperto na hora que eu estava escrevendo )': Eu chorei aqui até kkkkkk

Anônimo Continuando pelo amor de Deus amor...haha 

@Miley_JBieber Awn amor eu já te disse que perfeita é voc '-' Ótimo que você tenha gostado do novo visual do blog (: Ah obrigado, menina como você consegui ser tãp fofa?! Awn mooh vontade de morder e apertar as bochechas mew...haha 

Anônimo Awn valeu anonimo, mesmo naum sabendo seu nome e quem você é saiba que perfeita(o) é você!

@LuianeKristine kkkkkkkkk ah amoor que shit mesmo, que ótimo que você amou '-' Fico mega feliz por isso!

Hellen Cristina Obrigado e continuando... Tenho a impressão que você é nova entaum seja bem vinda! Espero que comente mais vezes (:  

Espero que goste, e comentem bastante! Boa leitura... 
 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos