quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Dreams - Part. 27

Postado por @slaysdrauhl às 15:34
Reações: 
Justin: Está com fome? – perguntou ele quebrando o silêncio.
Eu confirmei com a cabeça e ele logo estacionou no drive-thru do Mcdonalds e fizemos o pedido e logo seguimos até minha casa.
           
            Durante o caminho ficamos falando sobre o trabalho que vamos entregar hoje, o Justin já aproveitou e me entregou o resumo dele. Assim que chegamos na frente da minha casa nos deparamos com o Den na frente da casa dele limpando o jardim.
Den: Oi (SeuApelido) – falou ele com um sorriso imenso.
Eu: Oi Den – rebati sorrindo forçada.
            Ele e o Justin logo se encararam e eu como sempre tive que aturar a situação.
Den: Oi Justin – falou ele forçando um sorriso.
Justin: Oi Denyel – murmurou ele sério.
            Finalmente abri a porta e antes de entrar acenei pro Den e sorri, ele retribuiu e logo depois eu e o Justin entramos. Abri as janelas e depois fui pra cozinha arrumar a mesa para comermos o lanche, fui até o armário e peguei dois copos logo em seguida fui na geladeira e peguei um refrigerante. Assim que me virei para colocá-lo em cima da mesa bati de frente com o Justin que olhou fundo nos meus olhos me deixando tímida.
Justin: Não me canso de dizer que te amo – sussurrou ele no meu ouvido logo em seguida selando nos lábios.
            Ele pegou a garrafa e os copos da minha mão e logo depois colocou em cima da mesa, eu fiquei um tempo parada recuperando a minha consciência. Meu Deus o que esse menino tem pra me deixar assim nesse estado?! Realmente ele me deixa sem ar e sem reação quase sempre. As coisas que ele fala e que ele faz são coisas que nunca fizeram comigo antes, é tudo novo pra mim e eu estava achando um máximo.
            Comemos e logo depois fomos para sala assistir um filme, estava passando Atividade Paranormal 2 e ao perceber que eu estava morrendo de medo o Jay me envolveu em seus braços o que me deu mais segurança. Ficamos ali durante um tempo e ele fazia cafuné na minha cabeça o que me fez dormir. 

[...]

            Acordei e já estava no meu quarto, me levantei devagar e passei as mãos no meu cabelo arrumando-os.
Eu: Jay – chamei mais parecia que ele já havia ido embora.
            Desci as escadas e me deparei com a TV da sala desligada e tudo estava silencioso, avistei um papel em cima da mesa e logo fui ver o que era.
            “Tive que ir embora por causa do treino que teremos daqui a pouco, você parece um anjo dormindo e eu não queria te acordar e estragar seu lindo e perfeito sono. Nos vemos no Ginásio meu amor, te amo demais minha princesinha.
Beijos, Justin!”  
     
            Assim que terminei de ler sorri instantaneamente sem ao menos saber por que, essas são as reações que ele me causa. Fui até a cozinha e abri a geladeira logo pegando um copo de água e indo assistir TV, tava passando Bob Esponja e eu adorava assistir. Ainda faltava muito para a hora do jogo então aproveitei a tarde e assisti muito desenho, o que me fez lembrar do Justin já que ele ama desenhos.
Separei os resumos e o livro para levá-los para o professor hoje antes de ir para o Ginásio eu subi para tomar um banho. Tomei um banho me arrumei e logo depois fui andando já que era um pouco perto, assim que cheguei lá antes de ir para o treino fui até a escola levar o trabalho. O professor leu um pouco e disse que estava ótimo, entreguei o livro e logo depois fui para o ginásio, assim que entrei me deparei com os meninos do basquete e as líderes sentados em arquibancadas diferentes .
Bree: (SeuApelido) – gritou ela correndo e me abraçando.
            As outras fizeram o mesmo e os meninos ficaram olhando sem entender nada, o Justin estava me olhando e sorrindo retribui o sorriso e fui me sentar junto com as meninas.
Sam: O treinador e a treinadora quer conversar conosco – murmurou ela sorrindo.
Serine: Deve ser alguma estatística para o caso de ganharmos o jogo de hoje – falou ela me olhando.
            Eles chegaram e logo começaram a conversar conosco, realmente era sobre estatísticas não apenas para o caso de ganharmos era uma conversa séria sobre regras que alguns estavam quebrando. Assim que terminamos começamos o ensaio e os meninos foram para o vestiário se arrumarem, depois de um ensaio pesado também fomos nos arrumar e ficamos no vestiário dos meninos esperando à hora de entrar.
            O jogo daquela noite foi contra o time da Universidade de Straford e o Justin reencontrou alguns amigos dele, ganhamos o jogo por nove pontos o placar foi 104 x 95. Fui para o vestiário me trocar e assim que sai o Justin já estava me esperando do lado de fora.
Justin: Sabe por que quase perdemos? – perguntou ele enquanto íamos para o carro.
Eu: Por quê? – perguntei olhando para ele.
Justin: Porque você não me beijou para dar sorte – respondeu ele fazendo biquinho.
            Como ele consegue ser sempre assim tão fofo?! Tirei sorte grande Deus.
Eu: Desculpa Jay – murmurei e ele me empurrou devagar contra o capo do carro logo dando inicio a um beijo.
            Como sempre o beijo foi maravilhoso e dessa vez eu encerrei o beijo dando leves puxões nos lábios dele o que fez com que ele grudasse os nossos corpos, seguimos até a minha casa e eu me lembrei que hoje dormiria sozinha. Logo hoje que eu assisti Atividade Paranormal O.O Acho que nem dormir eu vou.
Justin: Vai ficar bem sozinha? – perguntou ele estacionando o carro.
Eu: Acho que sim – respondei cerrando o cenho – Ér... Posso te pedir um favor?
Justin: Claro que pode meu amor – falou ele sorrindo.
Eu: Ér... Fica aqui comigo até eu dormir? – gaguejei e depois senti meu rosto queimar.
Justin: Claro que fico – falou ele mordendo o lábio inferior e logo depois selando nossos lábios.
            Ele travou as portas e ligou o alarme do carro e logo depois entramos em casa.
XX: (SeuNome) – gritou a Sarah.
Eu: Oi Sarah – falei parando de andar e virando para vê-la.
Sarah: Se quiser pode dormir lá em casa – falou ele e parecia não ter notado a presença do Justin.
Eu: Precisa não – falei após olhar para o Justin que parecia esperar minha resposta.
Sarah: Ta bom então – falou ela olhando pra mim e logo em seguida para o Justin.
Eu: Boa noite – murmurei e logo depois fui em direção a porta da minha casa.
Sarah: Boa noite pra vocês – falou ela e eu arregalei meus olhos logo em seguida olhando para o Justin que começou a rir me fazendo rir também.
            Entramos e eu logo joguei a bolsa em cima da mesa e depois liguei a TV pro Jay.
Justin: Aquela é a mãe do Denyel? – perguntou ele em pé na minha frente.
Eu: Uhun – murmurei e ele voltou a sorrir.
Justin: Acho que ela pensou que íamos fazer alguma coisa essa noite – falou ele se aproximando.
Eu: Deve ter pensado mesmo – murmurei sorrindo tímida.
            Ele foi se aproximando com uma cara de safado e eu me afastei um pouco, ele começou a gargalhar e eu fiquei séria.
Eu: Sem graça – falei jogando a almofada nele.
Justin: Você quer? – perguntou ele se aproximando de novo.
Eu: Quero o que? – perguntei me fazendo de desentendida.
Justin: Quer mesmo que eu fale? – perguntou ele sorrindo malicioso.
Eu: Para com isso Jay – falei dando a volta no sofá.
            Ele gargalhou novamente e eu decidi aprontar com ele também, cheguei perto dele e segurei seu rosto logo dando inicio a um beijo. Antes de começar dei leves puxões nos lábios dele e logo depois o beijei de uma vez, ele pediu passagem para sua língua e eu concedi. Ele apertava a minha cintura colando ainda mais nossos corpos e eu o puxava pela nuca e bagunçava seus cabelos, encerrei o beijo e desci para o pescoço dele percebi que ele estava caindo na minha armadilha. Dei dois leves chupões no pescoço dele tirando leves gemidos dele que logo abaixou mais suas mãos chegando perto da minha bunda. Fomos andando até a mesa da sala e ele me sentou lá sem partir o beijo, ele aproximou nossos corpos e eu envolvi minhas pernas em volta de sua cintura. Ele apertava minhas cochas com força eu já tinha certeza que elas estavam vermelhas e talvez ficariam algumas marcas mais nem liguei, mesmo estando apenas aprontando com ele eu estava me divertindo com aquilo tudo. Olhei para o relógio na parede enquanto ele dava leves beijos no meu pescoço quase descendo para os meus seios, contei mentalmente até três e ouvi o telefone da minha casa tocar. BINGO deu certo, sorri vitoriosa enquanto ele me encarava sério.
Eu: Deve ser minha mãe – falei disfarçando e saindo de cima da mesa – Ela disse que me ligaria 23h30min.
            Ele se afastou de mim e logo depois sentou no sofá, enquanto isso eu fui atender ao telefone.
(LigaçãoON)
Eu: Mãe?! – falei ainda meia ofegante.
Mãe: Como estão às coisas por aí filha? - perguntou ele e parecia estar na rua.
Eu: Estão ótimas – respondei e olhei pro Justin jogado no sofá assistindo TV.
Mãe: Qualquer coisa pode me ligar.
Eu: Ok mãe – falei e sorri abafado lembrando do que acabei de fazer com o Jay.
            Eu tinha certeza que ele havia percebia que eu estava tirando uma com a cara dele e parecia nervoso enquanto permanecia focado no desenho que passava.
Mãe: Só queria saber como estão as coisas mesmo filha – falou ela – Tenho que desligar agora.
Eu: Sem problema mãe – menti.
            Na verdade havia um grande problema pra mim, o que me fazia não querer mais desligar o telefone.
Mãe: Juízo e se cuida meu anjo.
Eu: Uhun – murmurei.
Mãe: Tchau e boa noite filha – falou ela e fez barulho de beijo.
Eu: Tchau mãe – falei.
(LigaçãoOFF)
            Me aproximei de vagar do Justin e ele me olhou sério e logo depois voltou a focar na TV.
Justin: Aquilo não teve graça – falou ele sem ao menos me olhar.
Eu: Eu sei – sussurrei tomando a atenção dele pra mim – Mais era só uma brincadeira.
Justin: Não se brinca com os desejos de um homem – falou ele e voltou a focar na televisão.
Eu: Também sei disso – falei abaixando a cabeça – Me desculpa.
Justin: Quer continuar de onde paramos? – perguntou ele sorrindo malicioso.
            Arregalei meus olhos e me levantei, ele se levantou logo em seguida e me puxou para um beijo. Quando ele estava enfiando as mãos por dentro da minha blusa eu me afastei.
Eu: Vamos com calma Jay – sussurrei com os lábios ainda perto dos dele.
            Ele assentiu com a cabeça e logo depois selou nossos lábios.
Eu: Vou tomar banho já, já eu volto – falei subindo as escadas.
            Ele se sentou no sofá novamente e assim que cheguei ao meu quarto peguei meu pijama e fui logo pro banheiro tomar um banho, enquanto a água caía sobre meu corpo que ainda estava pegando fogo por conta da minha provocação ao Justin eu fiquei pensando em toda a situação. Eu sabia que um dia aconteceria de verdade, mais não sabia se estava preparada para isso. Mesmo o Justin sendo o primeiro namorado que eu tenho tanta intimidade assim eu sinto uma certa vergonha de alguns atos depois de cometidos, o que me deixa insegura comigo mesma.
            Sei que se fosse para perder a minha virgindade com alguém ele seria a pessoa ideal, mais só não sei quando estarei pronta para isso. Ali nos braços dele eu senti uma segurança imensa, mais com ela vinham às dúvidas e o medo, medo de ser apenas uma grande ilusão e depois de tudo ter apenas um coração partido que é o que eu menos quero nessa vida. Fiquei em baixo do chuveiro durante muito tempo e acabei esquecendo que o Jay me esperava lá em baixo.
            Sai do banho e me troquei penteei o cabelo e amarrei em rabo de cavalo, assim que terminei desci e me deparei com uma cena muito fofa. O Justin estava dormindo no sofá, parecia um anjinho fiquei com pena de acordá-lo, mais não podia deixá-lo dormir no sofá. Não vi problema em deixá-lo dormir aqui está noite então o chamei para que subisse comigo até o meu quarto ainda meio sonolento ele se pendurou no meu ombro e subimos. Eu o deitei na minha cama e depois tirei os sapatos dele deixando ele mais confortável, desci fechei as janelas, tranquei as portas e depois desliguei a TV. A casa ficou toda escura o que me fez lembrar do filme e eu sai correndo para o meu quarto, assim que eu cheguei lá me deitei de vagar do lado do Jay e cobri ele. Selei-o e sussurrei “boa noite” “e” eu te amo” no ouvido dele o que o fez sorrir, depois me aconcheguei no peito dele e ali sentindo seu cheiro não demorei para dormir.

Continua... (Ah minhas dreamys me desculpa a demora é que estavam acontecendo algumas coisas comigo e sabe né ;S  Comentem minhas babys e realmente me desculpem por demorar tanto para postar, então como eu disse que estava tendo problemas com comentários descidi que apartir de hoje eu só vou postar cap. novos dependendo do número de comentários :) Comentário é bom, não dói postar um e ainda ajuda o coração do autor *-* Boa leitura pra vocês minha anjinhas)

 ~~ Respondendo ~~


FanFictions- Brenda Continuando amiga (:  E obrigado pelo elogio o seu #IB também é ótimoo!

Brazilian Belieber   Awn amoor eu tbm achei essa parte super fofa *-* Que bom que está gostando.


And. Calma menina vai ter secho só depois de um tempo...haha Mais aí garota do funk.

Duda  Awn viciada na minha #IB *--* Muito fofa vooc amoor, que ótimo que está gostando. Fico feliz :D Continuando. Eu vou pro show sim amoor lol Vou no do dia 9 ;)

Alexia Awn seja bem vinda leitora nova ~~samba~~ estou feliz que esteja gostando amor :) Obrigado!

Edna Ferreira Owuns obrigado amoore e seja bem vinda *-*

@Miley_JBieber Vou parar naum meu anjo, continuando... Te amo demais <3 E maravilhosa é vooc!


9 comentários:

Duda on quinta-feira, outubro 06, 2011 disse...

POSTA ISSO AGORAMENTE [/INVENTEI*
Meeeu Deus eu to simplismente amaando essa IB#
Put's man se tem O DOM de fazer imagine , porra meu eu nem consigo eu fico sem imaginação , ANYWAY , continuua tá amoor porq man seu #IB é perfeitamente fantabuloso ;D
Flor aproveite o show até o ultimo momento, curta o show por mim heim já q eu ñ pude ir
Beijustin's com amassos ;9

Anônimo disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH TOU MORREEEEEEEEEEEENDOOOOOOOOOOO.
DEPOIS DE TEMPOS. AWWWWWWWWWWN
TA PERFEITA DMS -
P-E-R-F-E-I-T-A @luianekristine

Alexia on sexta-feira, outubro 07, 2011 disse...

FLOOOOOOOOOOR CONTINUAAAAAAAA
CARA TO TÃO FELIZ, EU FUI NO SHOW DO BIEBER, NO DIA 6. APESAR DE TER SIDO SEM ANIMAÇÃO E A SELENA TER IDO FOI PERFEITOOO, CARA APROVEITA BASTANTE O SHOW PQ É TUDO. AAAAAH TO TORCENDO PRA Q VC SEJA A OLLG, BEEIJOS

Mariah on sexta-feira, outubro 07, 2011 disse...

JAAAA AMOOOOOOOOOOOOOO DE PAIXÃO ESSE IBBBBBBBB MUIÉE´´EÉÉ PELO MAOR DE DEUSSSSSSSS POSTA LOGO SEM FALTAAAA CONTINUAAAAAAAAAAAAAA
PLEASEEEEEEEEEEEEEEE
OOOOOOOOOOOOOOOOOOO
MMMMMMMMMMMMMMMMMMM
GGGGGGGGGGGGGGGGGGG
LEITORAAA NOVAAAAA

Mariah on sexta-feira, outubro 07, 2011 disse...

É PELO AMOR DE DEUS TÁ,´É Q SAIU ERRADO HIHI

Anônimo disse...

MUITO BOM, muito bom mesmo :) vc escreve muito bem, e tem uma ótima imaginação. continue assim viu? ^^ posta mais pfvo *-* beijos

Peace Love and Biebs ® on segunda-feira, outubro 10, 2011 disse...

Perfeitoo diva <3 se quiser me doar a metade da sua criatividade eu aceito ;3

And. on segunda-feira, outubro 10, 2011 disse...

ai quero mais,isso ta muito bom.

Brazilian Belieber on quarta-feira, outubro 12, 2011 disse...

Ahhh que tri! Eu adorei esse capítulo, muito lindo! Por favor continua!? Perfeita #IB <3'

Apaguei o meu primeiro comentário porque eu errei uma palavra ali, KKKKKKKKKKKKKKK tenso. '-'

Postar um comentário

Ei, que tal deixar um comentário na história? Não dói e faz bem ao coração do autor :)

 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos