segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Dreams – Part. 13

Postado por @slaysdrauhl às 18:16
Reações: 
Fui em direção ao meu carro e durante o caminho fiquei sorrindo feito um bobo, assim que entrei e antes de iniciar a partida acenei pra ela que retribui com aquele seu sorriso lindo. Liguei o carro e fui em direção há minha casa, chegando lá estacionei o carro e entrei indo direto para meu carro, eu moro com o Chaz e o Ryan alugamos uma casa aqui em Los Angeles, aliás, morávamos no Canadá. Eles já estavam dormindo e depois de tomar um banho eu fiz o mesmo.
(JustinOFF)

Acordei com o despertador tocando e fui direto para o banheiro fazer minha higiene pessoal, assim que terminei desci para tomar café e dei de cara com a minha mãe na cozinha tomando uma xicara de café.
Eu: Bom dia mãe – falei beijando a bochecha dela.
Mãe: Bom dia – falou ela com cara de desconfiada.
            Tomei meu café rapidinho e depois subi pra escovar os dentes. Separei meu material e assim que estava saindo ouvi minha mãe me chamando na cozinha.
Mãe: Quer uma carona pra escola hoje? – perguntou ela assim que eu entrei na cozinha.
Eu: Ah quero sim – falei sorrindo e colocando a bolsa em cima do balcão.
            Ficamos em silêncio por um tempo e eu peguei uma maçã pra comer.
Mãe: Quem era o garoto que te trouxe pra casa ontem? – perguntou ela enquanto lavava a louça do café.
Eu: Um amigo – menti e mordi minha maçã.
            Ela secou as mãos no pano de prato e virou-se pra mim com uma cara de desconfiada.
Mãe: Amigos agora beijam na boca? – perguntou ela sorrindo.
Eu: Ah... – falei e parei, pois não sabia mais o que dizer – Agora a senhora fica me vigiando?
            Ela começou a rir da minha cara e eu permaneci séria.
Mãe: Eu estava assistindo TV no meu quarto quando ouvi o barulho do carro, olhei pela janela e vi que era você saindo daquele carro – falou ela se explicando – Fiquei olhando até que vi aquele lindo rapaz saindo e logo em seguida beijando você.
            Eu senti minhas bochechas queimarem, nem acreditava que minha mãe tinha presenciado aquela cena.
Mãe: Aí eu fiquei sem jeito e sai da janela – conclui ela sorrindo e me zuando – Ele que é o tal de Justin?
Eu: Uhun – confirmei ainda envergonhada com a situação.
Mãe: Ele tem uma bela Ranger Rover hein – falou ela olhando pra cima como se estivesse se imaginando dirigindo aquele carro.
Eu: Que isso mãe – falei sorrindo.
Mãe: Vocês estão namorando? – perguntou ela me fitando séria – Mais ele não tinha uma namorada?
Eu: Não estamos namorando ainda – rebati sorrindo – Ah eles terminaram porque a Selena traiu ele com um dos garotos do grupo de líderes de torcida.
Mãe: Nossa que safadinha essa garota – falou ela e eu comecei a rir – Então você se declarou pra ele?
Eu: Bem... – falei e parei – Foi ele que se declarou pra mim na frente de todos os nossos amigos ontem, principalmente da Selena.
Mãe: Arrumou um namorado – falou ele me zuando – Ah nem te contei né?
Eu: O que? – rebati outra pergunta.
Mãe: Eu falei com a mãe do Chris e ela me disse que ele esta namorando – falou ela e parecia apreensiva nas palavras.
Eu: Ah que legal mãe – falei sorrindo – Que bom que ele esta se acertando.
Mãe: Que bom que você esta se acertando também – falou ela sorrindo e me abraçando – Mas vê se toma cuidado meu amor, não quero te ver sofrer hein.
Eu: Vou tomar cuidado mãe – falei e logo em seguida ela beijou minha testa.
Mãe: Agora vamos se não nós duas vamos nos atrasar – falou ela pegando a bolsa dela.
            Eu fiz o mesmo e peguei a minha bolsa, durante o caminho ficamos ouvindo música e cantando. Logo chegamos na escola e eu me despedi dela com um beijo na bochecha. Assim que sai do carro ela iniciou a partida até o seu emprego e eu entrei na escola. Os corredores ainda estavam cheios e ao encostar-se ao meu armário logo fui surpreendida com as meninas e os meninos vindo em minha direção.
Todos: Oi [SeuNome] – falaram sorrindo.
Eu: Oi gente – falei retribuindo o sorriso.
            Reparei uma coisa o Justin não estava na escola ainda, o Ryan e o Chaz já estava menos ele.
Ryan: Ele não vai vim hoje – falou ele encostando do meu lado enquanto íamos pra sala.
Eu: Por quê? – perguntei olhando pra ele que desviou seu olhar dos meus.
Ryan: Dormiu muito tarde ontem sabe – rebateu ele olhou pra mim e sorriu.
Eu: Ah – falei tímida.
            Todos entramos na sala e logo avistamos a Selena com seu mais novo namorado assumido John, eles ficavam se pegando dentro da sala de aula e no intervalo nem se fala né. As meninas não estavam mais falando com ela e ela também arrumou outras meninas para o seu grupinho de lideres.
            O dia foi do mesmo jeito e assim que o sinal da saída tocou, nós saímos indo direto pra de baixo de uma arvore que tinha na frente da escola. Ficamos conversando durante um tempo e depois eu me despedi de todos e fui a caminho de casa, a rua estava deserta e eu estava com a impressão de ser seguida por alguém, mas quando me virava pra ver não havia ninguém. Aprecei meus passos e assim que estava perto de casa senti alguém me abraçando por trás e beijando meu pescoço.
XX: Fugindo de mim [SeuNome]? – sussurrou o Justin em meu ouvido com sua voz rouca que é impossível de não reconhecer.
Eu: Eu não sabia que era você – respondi e me virei de frente pra ele assim que ele me soltou.
            Ele me deu um beijo, mais eu parei rápido com vergonha de alguém ver de novo.
Justin: O que foi? – perguntou ele com a sua boca ainda perto da minha.
Eu: Nada – respondi me afastando dele.
            Percebi que ele ficou tenso com o que eu fiz.
Justin: Como foi a aula hoje? – perguntou ele segurando minha mão e me acompanhando até em casa.
Eu: Ah nada de interessante – respondi enquanto andávamos como namoradinhos.
            Chegando perto da minha casa eu vi um dos meus vizinhos do lado de fora, o nome dele é Denyel, mais conhecido como Den. Eu era gamada nele, mais na época ele tinha namorada e agora nem tem mais, ele ficou olhando pra mim e para o Justin e assim que eu me aproximei da casa dele ele sorriu pra mim.
Den: Oi [SeuApelido] – falou ele acenando.
Eu: Oi Den – falei sorrindo.
            O Justin olhou pra ele com uma cara séria e o Den nem ligou pra expressão dele, continuou sorrindo. O Den tem a mesma idade que o Justin e mora aqui desde pequeno, assim que eu cheguei foi ele que me levou pra conhecer a cidade. Acabamos virando amigos, mais nos afastamos depois que as aulas começaram e ele começou a trabalhar.
            Chegando na porta da minha casa eu abri e eu e o Justin entramos, ele sentou-se no sofá e eu fui até o meu quarto joguei a bolsa na cama e troquei de roupa. Desci e fui pra cozinha.
Eu: Quer beber alguma coisa Justin? – perguntei enquanto abria a geladeira.
            Eu estava procurando alguma coisa dentro da geladeira e esperando ele responder a minha pergunta.
Eu: Justin? – perguntei tirando o rosto de dentro da geladeira.
            Assim que me levantei ele estava atrás da porta da geladeira sorrindo.
Eu: Que susto menino – falei fechando a porta da geladeira e colocando a Coca-Cola em cima da mesa.
Justin: Ta assustadinha hein – falou ele sorrindo e vindo em minha direção.
            Ele começou a me beijar e o clima foi ficando quente, eu não tinha forças para afasta-lo então a única coisa que eu fiz foi puxa-lo pra mais perto. Fomos andando sem partir o beijo até a mesa e ele me sentou em cima dela enquanto apertava minhas coxas nuas por conta do short curto que eu usava, sem querer bati o braço na garrafa de refrigerante e ela caiu estourando e derramando tudo.
            Com o susto encerramos o beijo e sorrimos um para o outro ao mesmo tempo.
Justin: Vamos limpar essa bagunça – falou ele e me selou.
            Confirmei com a cabeça e logo em seguida desci da mesa indo até a área de serviço pegar um pano de chão, após limparmos aquilo abrimos outra garrafa de refri e fomos pra sala assistir um filme. Mal assistimos porque o Justin ficava me beijando de 10 em 10 minutos, assim que o filme acabou eu fui até à cozinha levar os copos e o saco de salgadinho.
Justin: Adoro quando você usa short curto – sussurrou ele em meu ouvindo enquanto eu lavava os copos.
            Sorri envergonhada e ele me virou de frente pra ele logo me dando um beijo de tirar o fôlego, ouvi alguém fazer barulho com a garganta e quando me virei pra olhar era a minha mãe.
Eu: Oi mãe – falei sem jeito.

             Continua... (Ah meninas percebi que é só eu agradecer pelos comentários que eles diminuem #bubu Só porque eu estava feliz com uma certo número agora caiu de novo. Tooh amando os comentários que vocês estão mandando e perfeitas são vocês por acompanharem a minha #IB ;D Comentem mais amoores... Bjustin )

6 comentários:

FanFictions- Brenda on segunda-feira, setembro 12, 2011 disse...

Haaaaaaa bia que perfeito mano,tá otimooooooooo...continuaaaaaaa..Beijos ;*

Imagine JV on segunda-feira, setembro 12, 2011 disse...

Continuaaa ta muito bom amr...continua q eu estou curiosa uahsuahsuhsuhushush... bjs

And. on segunda-feira, setembro 12, 2011 disse...

QUERO MAISSSSSSSSSS s2

Jessica Carolina on segunda-feira, setembro 12, 2011 disse...

De Jessica: Nossa flor eu estou tão curiosa pra saber oq vai acontecer... eu amei a sua IB flor!!!
Bjoos

Luiane on terça-feira, setembro 13, 2011 disse...

amor , eu tava sem pc :(
CONTINUA SUA LINDA

imagine belieber on terça-feira, setembro 13, 2011 disse...

mais =)))

Postar um comentário

Ei, que tal deixar um comentário na história? Não dói e faz bem ao coração do autor :)

 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos