sexta-feira, 29 de junho de 2012

Dreams - Part. 84

Postado por @slaysdrauhl às 20:36
Reações: 
Minha raiva já havia passado, eu não esqueceria o que aconteceu, mas não poderia brigar com ele por uma besteria nossa. Senti meus olhos pesando, até que não pude mais contê-los... Adormeci.

(JustinON)
            Quando vi ela entrando no McDonald’s junto com o Chris fiquei meio chateado, mas se quer consegui tirar meus olhos dela e suas provocações literalmente acabavam comigo – o coração partido que ela desenho foi a gota d’água para fazer eu me sentir um nada. Não pudia ficar e vê-la ignorando minha presença então apenas fui embora, fiquei trancado em casa a tarde toda e a noite resolvi sair para dar uma volta. Eu estava com meu ipod ouvindo música quando vi um telefone publico e uma ideia maluca surgiu em minha mente, liguei para casa da (SeuNome) e cantei Payphone pra ela. No começo fiquei pensando se cantava ou não, mas quando me dei conta que não teria outra chance comecei e eu apenas a ouvia respirar e sorrir baixinho. Eu disse que sentia a falta dela e depois fiquei esperando sua resposta, mas a droga da ligação caiu, tentei ligar novamente mais estava dando ocupado ou então o telefone publico desligava sozinho – um completo azar.
            Decidi ir para casa e assim que cheguei lá ouvi o telefone tocar e corri para atender – talvez fosse ela.

(LigaçãoON)
Eu: Alô – falei sorrindo.
XX: Justin, a Jazzy está doente e está querendo ver você – murmurou meu pai e eu respirei fundo.
Eu: Doente? O que ela têm? – perguntei preocupado.
Pai: Infecção Pulmonar, mas não é nada muito grave – disse ele e eu apenas fechei meus olhos e respirei fundo novamente.
Eu: Vou estar aí amanhã de manhã, eu prometo – murmurei e ouvi-o respirar fundo.
Pai: Tudo bem, obrigado filho.
Eu: Minha irmã está doente e precisa de mim, não precisa agradecer por isso – falei e ele sorriu.
Falamos sobre mais algumas coisas, depois nos despedimos e ele desligou.
(LigaçãoOFF)

            Eu estava disposto a falar com a (SeuNome) amanhã na escola e resolver tudo isso, mas não daria já que eu teria que ir ver a Jazzy, ela estava precisando de mim – não podia negar isso à ela. Liguei para o aeroporto e comprei minha passagem, embarcaria amanhã bem cedo e avisaria ao Adam para ele avisar a (SeuNome). Arrumei minhas malas, eu ficaria lá apenas durante três dias, era o máximo de tempo que eu poderia ficar por conta da escola. Depois de arrumar tudo me preparei para dormir já que no dia seguinte acordaria bem cedo – rezei pela Jazzy antes – não demorou e eu acabei adormecendo.

(...)

Acordei com meu despertador tocando e sem demora me levantei e fui para o banheiro tomar banho. Me arrumei, peguei minhas coisas e depois chamei um taxi para me levar até o aeroporto. O embarque não demorou muito e como não estava com muitas coisas o check-in foi bem rápido, dormi a viagem inteira e quando acordei já estavamos aterrizando. Desci e passei pelo check-out e fui para a área de desembarque, vi meu pai me esperando.
Eu: Oi pai – falei quando cheguei perto dele e ele me abraçou, depois bagunçou meu cabelo como sempre – A Jazzy está em um hospital?
Pai: Estava, mas eles disseram que ela já podia voltar para casa – explicou ele pegando minha mala e pondo no carro – Mas sempre que ela tem febre fica chamando por você, talvez se ela te ver melhore ou algo assim – concluiu ele e eu sorri do comentário, sempre mimei minha irmãzinha.
            Fomos até a casa do meu pai e a Erin estava lá, comprimentei-a e ela me fez algumas perguntas sobre como estava minha vida, respondi-as e depois subi direto para o quarto da Jazzy – ela estava dormindo. Fui andando devagar e me sentei ao lado dela depositando um beijo em sua bochecha.
Jazzy: Justin – murmurou ela sonolenta e logo em seguida levantou me abrançando, sorri.
Eu: Oi minha princesinha – sussurrei depositando um beijo nos cabelos dela.
Jazzy: Senti sua falta – disse ela e eu sorri, ela se afastou e eu olhei-a.
Eu: Também senti sua falta – sussurrei e ela sorri, sentia falta do sorriso dela.
            Fiquei com ela durante um tempo e depois que ela dormiu novamente fui para o quarto onde eu ia ficar arrumar as coisas e tomar banho, ficaria esperando meu pai me chamar para almoçar e pra passar o tempo fiquei um pouco no twitter, mas a (SeuNome) não estava online. Assim que eu voltasse pra Los Angeles eu iria falar, não podia mais perder tempo.
(JustinOFF)

Três dias depois...

        As coisas ainda estavam na mesma, o Justin ainda estava no Canadá cuidando da irmãzinha dele e eu permanecia aqui sentindo falta dele, eu estava tão determinada a falar com ele, mas foi ótimo ele ter ido ver a Jazzy. Adam disse que ela estava doente e querendo muito ver ele e ele não podia negar isso ela, eu também nem aprovaria se ele fizesse isso.
            Estava ali perdida naquele almoço, minha mãe me balançando o tempo todo para que eu cumprimentasse as pessoas que vinham falar conosco. Era um almoço comemorativo de algum negocio do trabalho da dela que eu não faço ideia do que seria – ela me disse durante a estrada, mas eu não prestei atenção em nada – eu apenas estava vivendo por obrigação.
Mãe: (SeuNome) será que dá pra sorri mais!? – sussurrou ela sem perder a pose, sorri daquilo.
Eu: Desculpa, estava pensando... – ia explicar, mas ela me interrompeu.
Mãe: Pensando no Justin, isso não é novidade nos últimos dias – murmurou ela e eu apenas respirei fundo – Quer dizer... Nas últimas semanas.
Eu: Mãe... – murmurei e ela me interrompeu novamente.
Mãe: Eu perguntei se você estava bem para vir e você disse que estava – disse ela me olhando e eu apenas fiquei fitando seus olhos – Prometeu que iria se comportar educamente, então apenas se comporte.
Eu: Me desculpe – sussurrei e ela não disse mais nada.
            Toda vez que chegava uma pessoa para falar com ela eu forçava um sorriso e fingia estar feliz – aquilo só acabava comigo – eu havia prometido pra ela que não estragaria o momento dela, cumpriria com a minha promessa.
            Quando enfim acabou agradeci a Deus, minha mãe iria para Nova York e voltaria apenas no dia seguinte de manhã, ia resolver assuntos da empresa. Levei-a até o aeroporto e voltei de táxi depois dela embarcar – estava tarde. Entrei em casa e deixei a porta aberta, a Jullie iria dormir em casa comigo, não estava em condições de ficar sozinha e além do mais precisava de alguém para conversar. Desci para comer alguma coisa sem se quer tirar o vestido que usei na festa, fiquei descalça andando de um lado para o outro, tentando controlar meus pensamentos. Porque o Justin tinha que estar em 99,9% das coisas que eu pensava!? Tudo era sobre ele, ao redor dele.
Droga.
            Subi e fiquei esperando a Jullie no quarto, estava assistindo tv até que senti vontade de ver algumas fotos do Justin, fui até meu guarda-roupas e peguei as fotos que estavam lá. Fiquei olhando-as e após um tempo ouvi alguém abrir a porta do quarto, provavelmente a Jullie.
Eu: Ju... – falei me virando e logo senti meu corpo simplesmente paralizar, o que ele estava fazendo ali!?
            Ficamos nos encarando durante um tempo e meu coração batia tão forte e tão rapido que podia senti-lo em minha mente.
Eu: Ta fazendo o que aqui? – perguntei com esforço e ele não respondeu, apenas veio em minha direção e selou seus lábios aos meus.
            Reagi em minha mente, mas meu corpo simplesmente cedeu à ele. Sua língua áspera passando ao redor dos meus lábios pedindo passagem e seus lábios precionando-se com urgência aos meus – sentia meu corpo inteiro arrepiar - ele me tinha por tão pouco. As fotos que estavam em minhas mãos caíram sobre o chão e automaticamente meus braços cercaram o pescoço dele dando mais intensidade ao beijo. Puxei-o pra mais perto e sua mão desceu pela minhas costas me causando arrepios até parar em minha cintura. Nos beijamos durante um longo tempo e ele foi subindo sua mão até o zíper do meu vestido e foi abaixando-o aos poucos, se quer pensei em hesitar. Fomos dando pequenos passos para perto da cama e ele se quer encerrou o beijo, em alguns momentos eu encontrava espaço para respirar, mas em outros a falta de ar me tomava por completo – eu sinceramente não acreditava que ele estava ali.
            Após abrir o zíper por completo meu vestido caiu e eu tive uma certa dificuldade para tirar meus pés de dentro sem encerrar o beijo, consegui após um tempo e o Justin nos guiou mais um pouco até a cama. Encerramos o beijo para tirar a camisa dele e ele me olhou e sorriu, apenas sorri também e assim que terminei de tirar a camisa dele, seus lábios veio de encontro aos meus novamente. Fomos com calma, medindo cada toque e cada atitude até que estavamos apenas de roupas intimas. Ele sentou na cama e me puxou para o seu colo fazendo-me envonvolver minhas pernas em sua cintura e depois voltou a me beijar, um beijo bem mais ousado que o anterior. Sua língua ávida explorava cada parte da  minha boca me causando fortes arrepios quando se chocava com a minha seguida de um chupada viciante.
            Suas mãos desceram pra minhas cochas com desejo, eu gemi sobre seus lábios e cravei minhas unhas em sua nuca e ele gemeu entre o beijo apertando minhas cochas com mais firmeza. Suas mãos voltaram pra minha cintura e puxou meu corpo para mais perto do dele, pude sentir seu membro rígido de uma forma gritante dentro de sua box roxa – senti minha intimida pulsar e minhas bochechas logo coraram. Ele foi descendo os beijos e eu ergui minha cabeça fitando o teto enquanto mordia meus lábios e senti-o depositar leves beijos em meu pescoço seguidos de algumas mordiscadas – ele estava me enlouquecendo. Fechei meus olhos e a cada toque meu coração batia mais forte, era estranho o modo como eu me sentia, não sabia explicar as sensações que ele me causava. Ele era tão perfeito, seu toque era tão viciante e maravilhosamente encantador que eu se quer podia descrever o que sentia quando ele me tocava – era algo mágico. Quando acordei dos meus devaneios eu estava deitada e ele estava beijando meus lábios suavemente enquanto seu corpo quente permanecia sobre o meu - era como se ele estivesse em chamas - após um tempo ele foi descendo e fazendo uma trilha de beijo por entre meus seios, até chegar em minha barriga e passou sua língua ao redor do meu umbigo - gemi. Ele tirou minha calcinha sem muita pressa e logo em seguida subiu fazendo a mesma trilha de beijos, mordiscou meu queixo e depois abocanhou minha boca num beijo avassalador.
Justin: Eu te amo – sussurrou ele em meu ouvido e depois deu uma leve mordida no lóbulo da minha orelha, meu gemido passou por entre meus dentes e ele sorriu pelo nariz.
            Inverti a posição e selei nossos lábios suavemente dando leves puxões e mordiscando tirando gemidos dele que eram abafados durante o beijo.
Eu: Eu também te amo – sussurrei no ouvido dele e depois mordi seu lóbulo suavemente, seguidamente descendo para o seu pescoço e depositando um leve beijo, um gemido rouco passou por entre seus dentes. Sorri vitoriosa.
            Continuamos com toques leves, beijos suaves, caricias e vivenciando o momento lentamente e aproveitando cada sensação. Enfim estavamos competamente nus e eu ainda controlando tudo, ainda permanecia no controle e ele apenas cedia a todos os meus comandos. Suas mãos foram para minha cintura e enquanto seus lábios brincavam com os meus ele calmamente guiava minha vagina para o seu membro, encontrou a maneira de me penetrar e começou devagar. Mordi meus lábios encerrando o beijo e depois voltei a beijá-lo, era a primeira vez que eu estava por cima, não conseguiria encará-lo naquele momento. Ele começou devagar, colocou dois dedos e depois foi penetrando com mais intensidade, sentia o prazer deixar minhas pernas bambas – quase não conseguia mover meu corpo. Fechei meus olhos e apenas aproveitei o momento, gemidos escapavam de minha boca e eram abafados por seus beijos, ouvia-o gemer baixinho em meu ouvido – um gemido rouco e completamente sexy. O quarto parecia pegar fogo, nossos corpos praticamente faíscavam e as mãos dele exploravam cada parte do meu corpo sem pudor algum, seus lábios sabor morangos – ah como senti falta dos lábios dele – sobre os meus me causando arrepios constantes.
            Os movimentos foram ficando mais ousados e ele invertou a posição, ficando sobre mim e penetrando-me com mais intensidade e mais rapidez – era impossivel conter os gemidos. Seus lábios desceram para o meus pescoço e ele beijava suavemente, as vezes apenas ficava ali, sua respiração descompassada. Sentia seu coração bater forte sobre o meu peito e minhas mãos apenas passavam pelas costas dele, na medida que ele penetrava com mais intensidade me tirando um gemido mais rouco eu cravava minhas unhas em suas costas – não conseguia controlar – era estanteneo, como se meus dedos fizessem sozinhos. Não dava para explicar o que eu estava sentindo, mesmo se eu tentasse, mesmo se eu tentasse usar várias palavras, vários sentimentos e sensações – eu jamais conseguiria. Era algo muito além da realidade, algo completamente fora dos conhecimentos cientificos, ninguém jamais conseguiria explicar o quão bom era fazer amor com uma pessoa que fizesse você apenas enlouquecer a cada toque mais profundo, a cada suspiro próximo ao seu ouvido.
            Eu pudia sentir meu orgasmo chegar, uma sensação estranha se formando em meu estomago, minhas pernas ficando mais tremulas do que anteriormente. Meu corpo completamente amolecendo e meus músculos apenas se relaxando, era como se o peso do mês inteiro estivesse apenas caindo das minhas costas – algo inexplicavel, algo maravilhoso e sem explicação. Ele apenas aumentou ainda mais o ritmo das penetrações, os gemidos saiam mais altos e suas mãos seguram as minhas apertando-as enquanto seu corpo se movia sobre o meu me causando estranhas sensações, as melhores. Eu nunca poderia imaginar como isso era bom, eu jamais saberia a sensação se o Justin não tivesse me mostrado esse outro lado da vida, a vida sexual com alguém que você realmente ama – algo que eu jamais me imaginei vivenciando tão depressa. Após um tempo senti minha vagina contrair e o folego faltar, ele aumento mais o ritmo, meus olhos se fecharam sozinhos. A sensação de alivio e descarregamento apenas aumentava com o tempo, conforme ele me penetrava com mais intensidade e mais rápido. Enfim chegamos ao nosso ápice e ele foi diminuindo a penetração com o tempo, meus músculos estavam tão relaxados que meu corpo não obedecia aos meus comandos.
            Ele parou e ficou deitou sobre mim por um tempo, controlando sua respiração. Depois apenas deitou do meu lado me olhou e sorriu, o sorriso mais inocente possivel, sorri de alguns pensamentos que surgiram em minha mente.
Eu: Senti sua falta – sussurrei enquanto ele nos cobria com o lençol e seus olhos logo vieram de encontro aos meus, ele sorriu e depois selou seus lábios aos meus.
            Ficamos nos olhando durante um tempo e depois ele apenas me puxou para deitar sobre seu peito, seu coração já estava batendo normalmente – eu amava ouvir as batidas do coração dele – fiquei ouvindo-as com os olhos fechados, agradecendo a Deus mentalmente por colocar o Justin em minha vida, após um tempo apenas... Adormeci. 
Hey amores, tudo na boa!? gsadfsgafdgsfadas Não me matem por favor, porque se não vocês vão ficar na vontade de saber o resto da fanfic u.u MUAHUAHAUHA -qq Então baibes, desculpa por ter atrasado, mas é que as ideias para a parte hot estava falida, demorei três dias para fazer esse capitulo #motherofgod... Pois é, quando não se tem experiencia é meio complicado ;x KKKKKKK #loading Então minhas sonhadoras lindas, eu amei os comentários, o novo desing não me permite responder os comentários, mas eu irei responder alguns mais abaixo (dúvidas e leitoras novas). Aí pra vocês um capitulo hot e big, eu fiz com muito amor e carinho (safadeza também kk)... Então espero que vocês gostem e comentem muito, muito, muito mesmo *o* haha To muito feliz que agora tem bastante leitoras comentando, estou muito orgulhosa do nosso blog, estamos ganhando mais sonhadoras \õ/ Nossa família ta só aumentando :') #PROUD Isso aí meus amores. Tenham um ótima leitura e até a próxima postagem! Amo todas vocês

@biebergranulado own amor, sem problema mesmo hein. Bem-Vinda de volta e muito obrigada mesmo. xx

Brazilian Belieber  Ei meu anjo, senti sua falta aqui mesmo :/ Claro que eu lembro de você sonhadora, você está acompanhando o blog desde o começo, quando ele ainda não era nada do que é hoje e não tem como esquecer você ;) Pois é amor, as emoções tão rolando nos capítulos, é felicidade, tristeza, intriga... Tudo o que sempre teve nessa fanfic né kkk Ei, fico feliz que esteja de volta, seja bem-vinda de volta sonhadora e muito obrigada mesmo, incrível é você ! Agora você pode conferir a postagem, espero que goste. xx

Sonhos de uma belieber ! Hey, Seja super Bem-Vinda sonhadora \õ/ *carne nova no pedaço asida~dajs~djaspdj -qq #loading Ei amor, muito obrigada mesmo hein, fico feliz que tenha gostado e perfeita é você u.u Vou divulgar seu blog sim ;) Diva!? What!? Deixa de me iludir mesnina, plz u_u ahsuhaush' Isso aí meu amor. xx' 

Thais_lorinho - @JustinMeuMundo Ei sonhadora, seja super Bem-Vinda ~rebola ☺ Omg, obrigada, obrigada mesmo. Q linda você :') Fico muito feliz que tenha gostado assim da fanfic, faço com TODO amor e carinho possível pensando mesmo nas leitoras, em fazer com que elas gostem e consigam sonhar. Divulgando seu blog linda e obrigada mais uma vez, beijos. xx

Ps: Vou contar um segredo pra vocês... Shhh hein. Quando eu vejo os comentários de leitoras novas eu saiu correndo e gritando pela casa UAHSUAHUSHAUHS Minha mãe fica pensando que eu sou louca e tipo eu fico cantando e dançando *sou louca mesmo u.u É que eu fico muito feliz de ver que eu faço pelo menos alguma coisa que outras pessoas gostem >< Sério mesmo. Pronto, chega de papo.


20 comentários para próxima postagem... xx 

22 comentários:

Anônimo disse...

Que perfeito ! Amo demais o seu blog :):) continua logo amr ! Vitoria Miranda

Maria Clara on sexta-feira, junho 29, 2012 disse...

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMB QUE CAPITULO FOI ESSE ? :0 QUE PARTE HOT FOI ESSA? OMB! PERFEITO, DIVONICO, VOCÊ É UMA DIVA, E MUITO MUITO PERFEITA! meu Deus eu amei esse capitulo!
PARABÉNS DE VERDADE
BEIJOS
SWAGUEIRA

@BeliebersdoJB on sexta-feira, junho 29, 2012 disse...

COMO ASSIM EU ENTREI AQUI E TINHA 2 CAPITULOS PRA MIM LER O.O xaaaaaaaaaaaara do ceu q capitulo P-E-R-F-E-I-T-O OMG OMG OMG OMG OMG eu fiquei tiipo seei la Oooh god mt mt mt mt mt mt mt perfeito *---*

Anônimo disse...

Own valeu apenas esperar *--*. Cad~e a minha Boas vindas hein? kkk http://fanfictionsforever.blogspot.com.br/2012/06/dreams-part-82.html#comment-form fiz um mega comentario nesse capitulo, esperando q tu gostasse u.u kk.Chegue logo os d+ comentarios (@verdadeiraselly)

lanay on sexta-feira, junho 29, 2012 disse...

OMG Q HOT HEIN, TIPO PERFEITOO MAN Q ISSO AGR QUERO A CONTINUAÇAO PLEASEE HAHHAHA

imagine belieber on sábado, junho 30, 2012 disse...

omb morri agora meu pai fiquei sem ar agora jesus apaga a luz rsrsrsrs nossa diva tu manda muito bem amei,amei essa parte hot ficou incrivel rsrsrs e continua logo ta bom bjs linda

Thais_lorinho - @JustinMeuMundo on sábado, junho 30, 2012 disse...

O_o PERFEITOOOOOOOOOO, ameeeei ;) .... meu deus isso foi de +++ kkk' continua logo sua fofa bjs.

Anônimo disse...

Perfeito, cheguei um dia desses e já tô no mesmo capítulo que as outras. Parte hot no me gusta mucho, mas amei essa. Sério, escreve um livro, iria vender bem, eu compraria. hahahah @MsBrunaSantos #AnciosaProPróximoCap

Diario de uma belieber on sábado, junho 30, 2012 disse...

Amei *o* Parte hot no me gusta mucho +1 kkkkk prefiro românticos, mas toda regra tem a sua exceção né? HAHA curti, to seguindo o blog, se puder seguir de volta ...

Beijinhos, Vic


Diário de uma belieber

Anônimo disse...

PERFEIÇÃO TEM NOME, O SEU BLOG NÉ :3 TE AMO MINHA BELIEBER :3
@speakmamacita

Anônimo disse...

NOSSA QUE CAPÍTULO, HEEIN? HAHAHA' Ameeei :) Finalmente eles fizeram as pazes *--* Tá perfeitoo! Continuaa.. (:
by:Bianca Serrano

Justin My Prince Of Swag on sábado, junho 30, 2012 disse...

1° Comentário!, Primeiro? é isso mesmo Produção? é ! Meu primeiro comentário aqui :) Kk Vamos Lá! Deixa eu comentar se não eu enlouqueço Kk
1° Capitulo Hot? Mi Gusta Mucho Mesmo ! Véio que Perfeito! Perfeito , essa é a Palavra? Meu deus Procurem No dicionário algo que vá alem do perfeito Pra mim? Obrigada. :)
2° Três Dias?? Õ/ Nossa o máximo que demorei pra fazer um capitulo foi de 4 Dias e nem passou perto disso aí u.u Vish
3° E esses Detalhes ! OHH Gosh Preciso de mais dessa Nova Droga ! Sua Má ! #Run
4° " eu fiz com muito amor e carinho (safadeza também kk)." Eu ri demais disso
5° Se vc não continuar com isso aí eu Juro que puxo teu pé de noite e faço sua mãe descobrir oque é #IBH E Ler um seu ! Viu sou má também Kkk
é isso continua CupCake de Chocolate com Morango :::: Mi Gusta
By - Ruth - @Principe_doSwag

Pacientes do Bieber on sábado, junho 30, 2012 disse...

Nossa a sua IB é perfeita, veio acompanhando desde o inicio.. Eu e uma amiga começamos a escrever IB nos inspirando na sua e fizemos um blog.. E queria saber se você pode indicar ele para nós..
pacientedobieber.blogspot.com

Muito Obrigada.. @VembrincarJerry

Brazilian Belieber on sábado, junho 30, 2012 disse...

Ah! Estou sorrindo de orelha a orelha aqui, acredita? :D
Fiquei tão feliz por você ter me respondido! E por não ter se esquecido de mim.
Pois é, estou aqui desde o começo e só não estava comentando como antes por causa dos meus estudos mas agora estou conseguindo arranjar mais tempo para entrar no blog, então posso dizer que estou de volta! :)
Adorei esse capítulo (6', super perfeito como todos os anteriores. #FATO
Tu me deixou mega curiosa agora, porque pelo jeito eles dormiram juntos sem usar proteção, e isso pode fazer com que ela fique grávida... O que será que irá acontecer daqui pra frente? Só vou saber se tu postar o próximo capítulo, diva!
Sério que tu faz isso quando vê que tem leitoras novas no blog? KKKKKKKK, putz! Mas eu APOSTO que tu deve fazer outras coisas além de postar aqui que as pessoas gostam, como sorrir por exemplo. Espero que esteja bem, bjs.

@_BeliebersDoJB on sábado, junho 30, 2012 disse...

QUE CAPITULO PERFEITOOOOOOO,
E a Jullie? Ela vai chegar ainda KKKKKKKKKKKKKKK

Continuaaaaa

Anônimo disse...

pois é, e a Jullie?????????????????/

Mychelle Sena on domingo, julho 01, 2012 disse...

omb parte hot mais que perfeita..''nos'' voltamoooooooos é isso mesmo?omg vou gritar kkk ta perfeitooooooooo continuaa o mais rapido possivel

Caah on domingo, julho 01, 2012 disse...

Ameeei!
simplesmente ameei!
tipo assim, foi uma parte hot romântica, entãooo fico linda (taa eu sou meio safada)kkkkkk !
Mas ficou linda pelo carinho&amor que um tem pelo outro.
Então... você tem que continuuar ta bom !hehehe beijooos .

Anônimo disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ! tá tudo muuuuuuuuuuuito perfeito demmais ' !!!!!!
Me desculpe por não comentar nos outros capítulos, é que eu saí de férias e estou na casa da minha prima, aí fica meio difícil de entrar na net,.. (aqui tem muita gente que usa o mesmo pc :s )
Haaawn, mais ta muito legal, demais, perfeito, tudo como eu nunca imaginei >< '
Mesmo não conseguindo usar o pc direito, eu ainda arrumo um jeitinho de entrar na net só pra vir ler aqui .. s22' ah , eu amo muito você ', nos meus tempos livre(s) é você que me diverte com esse seu blog mais perfeito ^^'
By: Gabi / @Gabikacinskas '-'

biebergranulado on segunda-feira, julho 02, 2012 disse...

Obrigada pelas boas vindas de volta ><
Como sempre capitulo perfeito, aw, continua logo <3

juli_agata03 on terça-feira, julho 03, 2012 disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA..EU COMECEI A LER TUA IB ONTEM E JA LI ELA TODINHA,JA SÃO 5 DA MADRUGADA E EU FALEI QUE SO IRIA DORMIR QUANDO EU TERMINASSE DE LER TUDO..EU AMO,AMOOOOOOOOOOOOOO DEMAIS TUA IB,POSTA LOGO SE NÃO EU MORRO

Amanda Machado disse...

OMG OMG OMG OMG OMG essa parte hot heinn!me deu ate calor aqui!#safada!!kkkkkk

Postar um comentário

Ei, que tal deixar um comentário na história? Não dói e faz bem ao coração do autor :)

 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos