domingo, 15 de janeiro de 2012

Dreams - Part. 50

Postado por @slaysdrauhl às 19:12
Reações: 
Eu: Droga – sussurrei me lembrando que havia esquecido meu pijama dentro do banheiro.
Fui até a bolsa e peguei uma calcinha, depois sentei na cama e fiquei esperando o Justin sair do banheiro.

 Depois de um longo tempo ele saiu com a toalha enrolada apenas da sua cintura para baixo, olhei para ele fixamente e meus olhos não se desviavam do seu abdômen bem contornado. A água escorria dos seus cabelos e havia gostas se desfazendo por seu tanquinho escorregando e parando na região onde a toalha estava. Meus olhos percorreram pelo corpo dele inteiro acariciando-o sem pudor algum, aquele corpo perfeito. Ele andou pelo quarto e meus olhos seguiam cada passo seu, balancei minha cabeça negativando meus devaneios e depois fui para o banheiro fechando a porta bem atrás de mim. Escorreguei na porta colando a mão na minha cabeça enquanto me lembrava do que acabará de fazer sem ao menos pensar nas conseqüências dos meus atos se o Justin me visse o encarando daquela maneira. Levantei depois de um tempo pensando, me vesti e depois sequei meu cabelo. Abri a porta e o quarto estava com a luz apagada enquanto o Justin estava deitado na cama assistindo um filme de terror. Ele ainda estava sem camisa e eu não conseguia me concentrar a não ser em olhar para sua barriga cheia de quadradinhos bem delineados, ele usava um bermudão e seu cabelo estava bagunçado o que só deixava ele ainda mais bonito. Fui até minha bolsa para guardar o secador e depois me deitei na cama procurando não ficar tão próxima dele.
Justin: Então quer dizer que eu era apenas um brinquedo seu? – perguntou ele sem ao menos me olhar.
Eu: Não é... – comecei e ele me interrompeu mais uma vez.
Justin: Eu gostaria que me falasse a verdade – falou ele me encarando sério.
            Ficamos nos olhando durante um tempo e eu pensava no que dizer, eu realmente não devia ter dito aquilo. E como sempre eu falo e depois fico arrependida pelo que disse.
Eu: Era brincadeira – falei sem jeito algum e desviei meu olhar olhando para TV.
Justin: Qual é a sensação de brincar com os sentimentos das pessoas? – perguntou ele voltando a olhar a TV.
            O filme era horrível, relatava sobre um estuprador de garotas que saiam para viajar nas férias e depois de aproveitar muito delas executavam-nas.
Eu: Eu não sei – respondi assistindo aquele filme mesmo estando aterrorizada.
Justin: Deveria saber já que faz isso constantemente – falou ele me olhando e depois olhando a TV mais uma vez.
Eu: Eu já disse que não quero falar sobre isso – falei olhando séria pra ele que me encarou – Foi você quem quebrou as promessas aqui, então me diz você como é a sensação de brincar com os sentimentos dos outros.
Justin: Você sabe a verdade – falou ele começando a ficar alterado – Sabe que foi armação.
Eu: Foi pro Canadá esquecer, então apenas esqueça – falei me levantando e batendo os pés.
Justin: Eu não quero esquecer – falou ele se levantando também.
Eu: Então procure alguém que queira falar sobre isso com você – sibilei.
            O Justin não falou mais nada apenas foi até o sofá bufando e tirou as bolsas de lá, logo em seguida pegando um travesseiro e um lençol e se deitando. Desliguei a televisão e o quarto ficou escuro me deitei e fiquei pensando enquanto eu me acalmava, lágrimas escorriam pelos cantos dos meus olhos e eu fazia de tudo para que ele não me ouvisse chorar. Depois de um tempo acabei dormindo.
            “– Acordei de madrugada e o quando acendi a luz o Justin estava sentado no sofá com um olhar estranho.
Eu: Que susto menino – falei me levantando e indo até o banheiro.
            Assim que eu saí do banheiro o Justin me puxou me jogando na cama, ele estava estranho nem parecia mais o mesmo. Comecei a me debater e logo ele começou a tirar meu short e depois minha calcinha, ele tentava beijar minha boca e eu gritava e me debatia em seus braços. Ele tapou minha boca e logo foi se livrando de suas roupas também, uma de suas mãos tapava minha boca enquanto a outra abria minhas pernas. Minhas mãos estavam presas nas minhas costas e o peso do Justin encima de mim não me deixava livre para tirá-las de lá. Logo senti seu membro rígido tocar minha intimidade e um gemido fraco ressaltar de minha boca, o empurrei ainda mais forte e ele se quer saía de cima de mim.
Eu: Justin, por favor, para – falei assim que ele deu uma brecha na minha boca.
            Ele não falava nada, logo ele começou a fazer movimentos fortes impulsionando seu membro em minha vagina rompendo meu hímen de uma forma bruta, senti uma dor percorrer minhas regiões. Como no filme em que estava-mos assistindo antes da nossa briga ele estava me estuprando, depois de terminar e me deixar chorando ele pegou uma arma em sua bolsa e apontou pra mim.
Eu: Justin, por favor, não faça isso – eu falava em meio a soluços.
Ele apenas me olhava e era como se ele fosse aquele cara do filme, logo seu dedo foi até o gatilho e o barulho ecoou no quarto.”
Eu: NÃOOO – gritei acordando e com a respiração descompassada.
            Eu estava suada e assustada, não conseguia me esquecer do maldito pesadelo. Uma luz apareceu em meu rosto me assustando ainda mais, era o Justin saindo do banheiro.
Justin: O que foi (SeuNome)? – perguntou ele assustado sentando do meu lado.
            Eu olhei para ele assustada e minha respiração ainda estava descompassada, olhei nos olhos dele e estavam normais logo fui me acalmando enquanto olhava aqueles olhos tom caramelo que eu tanto amo.
Justin: Pesadelo de novo? – perguntou ele chegando mais perto.
            Eu apenas assenti, ainda estava tentando me acalmar.
Justin: Esta tudo bem – falou ele pegando na minha mão.
            Olhei para as nossas mãos e logo depois voltei a olhá-lo e sorri.
Eu: Me desculpe – sussurrei abaixando a cabeça.
Justin: Tudo bem – falou ele passando os dedos sobre os meus.
            Ficamos nos olhando durante mais um tempo e depois ele levantou indo até o sofá pegar o travesseiro e o lençol.
Justin: Posso dormir com você? – perguntou ele com uma carinha meiga.
            Assenti sorrindo e dei espaço para que ele deitasse me senti mais calma agora que estava acordada, mas ainda me restava um certo medo.
Eu: Boa noite – falei apagando a luz do abajur.
Justin: Boa noite – sussurrou ele me puxando e me deitando em seu peito.
            Respirei fundo, não seria assim tão difícil dormir tão perto dele. Sua pele em contato com a minha me causando arrepios, fiquei ali escutando seus batimentos e sentindo-o respirando fundo enquanto me envolvia com seus braços em uma forma de me proteger.

----------------------------------------------------------------------------------------------
Ahhhh desculpaa a demora amores, mas agora minha net esta de volta e eu prometo recompensar esse tempo todo de tortura (yn)

~~respondendo alguns comentários do cap. 49~~

@juuh_belieber Awwww seja super bem vinda \õ/ Que bom que gostou da fic fico mt feliz que tenha gostado mt mesmo :D Aww eu to seguindo o seu blog já e sua fic esta mt boa!



Espero que gostem amores e que me encham de comentários lindos como sempre (: Até a próxima postagem, bjustin :*

16 comentários:

rayanne fernandes on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

Priimeeeiraa \o/ \o/

Uh, gente quase infartei pensando que o Justin tinha estuprado msm ela o.O .

Own q fofos eles dormindo Juntos *-*.


Coooooooontiiiiiiiiiinuaaaaaaaa loooogoooo

Anny on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

OWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWN TÃO FOFO!!
Imagine se o Justin fosse um estuprador de verdade??? #tenso
Sabe o que eu tava lembrando?? A musica que o Biebs canta no ouvido da (Seu nome), no baile, é a mesma que ela escuta quando ta sozinha na sala de aula e o Ryan chega pra falar com ela, isso acho que no segundo ou terceiro capitulo!
CONTINUA LOGO!!
CADA VEZ MELHOR!
Beijos na bunda, Anny.

Leeh ! on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

esta cada vez melhor ...
que bom que sua net concertou ♥

Anônimo disse...

Adorei continua





Carol

Anônimo disse...

nossa você escreve muito bem .....

Lêh ♥

Deiara ∞ on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

Até que em fim em floor ??? Demais ♥''

Andréia on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

Muito perfeito, continua logo

Lara Abdon on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

Aaaaaaaaaaaaaa MUITO perfeito *-----* Amei, amei, amei!!! demais! Continua flor! ^.^

Brazilian Belieber on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

Ai que lindo, amei esse capítulo!
Continua? Beijo.

@Miley_JBieber on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

EEEHHHH!! vc voltou!! kkkkkkk
Ainda bem que vc sabe que foi torturante ficar sem sua IB,eu entrava todos os dias,ainda bem que a sua net voltou!!

Ai tomara que eles voltem *-*
Ta perfeita a sua historia!!
Continua....

Imagine Belieber on segunda-feira, janeiro 16, 2012 disse...

AAAAAAAAAAAAAH você voltou !

Eu entrava aqui todo dia mano,ai ontem eu não entrei e foi quando você postou ! Continua que ta cada dia mais perfeito !

@Kah_swag disse...

Awwwwwwn *-* que bom que você voltou flor, tava me torturando já D;
entrava todo dia aqui, e nada de você postar, confesso que fiquei bem preocupada de você nos abandonar e não voltar mais '-'
maais enfim, o capitulo ficou muito lindo, faz eles ficarem juntos logo, please ?
Continuaa baby (:

Anônimo disse...

cheguei agora e li todos, amei mesmo, agora é esperar o 51 ! / Gabriela Mendes

Dylan & Cole Sprouse FC on terça-feira, janeiro 17, 2012 disse...

leitora nova aki o/ passei a semana passada lendo os outros e sinceramente seu ib é mt bom . Continua ? Super anciosa .

Crazy Girls on quarta-feira, janeiro 18, 2012 disse...

aaaaaawwwwwwnnnn que lindo meu Deus!! continua diva!

Anônimo disse...

OMG continua logo ! to amando a sua #IB <3 é muito boa mesmo (:

Postar um comentário

Ei, que tal deixar um comentário na história? Não dói e faz bem ao coração do autor :)

 

* Only Imagine Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos